segunda-feira, 24 de abril de 2017

Voto de pesar aos familiares do senhor Leonildes Marcolino

Dona Moça e o senhor Leonildes Marcolino. Foto: Leylla Carla

Dia muito difícil em Apodi.

Chega agora a notícia do falecimento em Natal do ex-presidente do Sindicato Patronal e proprietário da loja Casa dos Ferros em Apodi, Leonildes Marcolino da Costa.

Aos familiares, minhas condolências.

Que Deus dê o conforto necessário para esta hora tão difícil.

Apodi hoje vai dormir triste com o falecimento do empresário Leonildes Marcolino.

Nota do blog: sepultamento está marcado para às 16h de amanhã.

Olho vivo no dinheiro público! Sua participação faz a diferença


A Controladoria-Geral da União (CGU) desenvolve o Programa Olho Vivo no Dinheiro Público para incentivar o controle social. O objetivo é fazer com que os cidadãos, nos diversos municípios brasileiros, atuem para a melhor aplicação dos recursos públicos.

Com a iniciativa, a CGU busca estimular e prover o cidadão de instrumentos para realizar o controle do uso dos recursos públicos. Procura-se dar condições para a participação de conselheiros municipais, lideranças locais, agentes públicos municipais, professores e alunos, entre outros.

A participação do cidadão na prevenção e no combate à corrupção busca envolver a sociedade numa mudança pela educação, pelo acesso à informação e pela mobilização social.

Acompanhe o Blog ApoDiário pelo Twitter clicando AQUI.

Além de Salários atrasados Servidores do Estado poderão cair na Malha Fina da Receita Federal por erro do Governo Robinson Faria

Do Blog de Janeayre Souto

Servidor, é urgente a correção da Declaração de Imposto de Renda!

Como se não bastasse receber os salários atrasados há exatos 15 meses, o Governo Robinson Faria, ainda produziu e distribuiu uma falsa Declaração de Rendimentos – Imposto de Renda 2017.

E por que isso se deu? Isso ocorreu por que o estado desde o mês de janeiro de 2016, vem pagando os salários dos servidores com atraso, ou seja, fora do mês, a SEARH, deveria ter disponibilizado a Declaração de Rendimentos – Imposto de Renda 2017, retratando essa realidade, e isso não aconteceu.

Como todos sabem somente os servidores ativos dos órgãos que possui arrecadação própria e os servidores ativos lotados na SEEC, recebem os seus vencimentos dentro do mês.
A Declaração de Rendimentos – Imposto de Renda 2017, que foi disponibilizada ainda no mês de março para os servidores, traz um grave erro, por que não refletiu a atual realidade do pagamento aos servidores estaduais.

Como os servidores inativos e os pensionistas dos órgãos que possuem arrecadação própria e os da SEEC, bem como os demais servidores ativos, inativos e os pensionistas, dos demais órgãos e secretarias de estado, que não receberam os seus vencimentos relativos ao mês de dezembro dentro do próprio mês de dezembro de 2016, tem que observar a nova Declaração de Rendimentos – Imposto de Renda 2017, disponibilizada pela SEARH.

Caso esses servidores ativos, inativos e os pensionistas já tenham feito a declaração do seu imposto de renda, deverão fazer a Declaração Retificadora do seu Imposto de Renda e levar em conta a nova Declaração de Rendimentos – Imposto de Renda 2017.

Mas se esses servidores ativos, inativos e os pensionistas ainda não tenham feito a sua Declaração de Imposto de Renda 2017, deverão levar em conta a nova Declaração de Rendimentos – Imposto de Renda 2017, que deverá ser disponibilizada a partir da próxima segunda-feira (24).

Vejam, além dos transtornos do atraso do pagamento dos salários dos servidores estaduais o Governo Robinson Faria, ainda induz os servidores ativos, aposentados e pensionista a sonegar a Receita Federal e consequentemente cair na malha fina da Receita Federal.

Lembrado que o prazo para se declarar ou se retificar o Imposto de Renda termina na próxima sexta-feira (28).

Governador Robinson Faria, respeite os serviços e os SERVIDORES PÚBLICOS ATIVOS, APOSENTADOS E PENSIONISTAS do nosso estado!

Reforma da Previdência vai aproximar deputados do fim da carreira política

Quem é deputado federal hoje vai ter que optar entre não se reeleger e apoiar o presidente Michel Temer e suas reformas.

Temer já deu "OK" para a reforma da Previdência do jeitinho que ela está e que a população repudia.

Portanto, o deputado que disser Sim, vai estar virando as costas para, pelo menos, 80% de seu eleitorado.

Vai estar pedindo pra sair.

Para 2018, basta conferir redes sociais, filas de banco, de caixa de supermercado, o cafezinho, a padaria, o ambiente de trabalho… para ter certeza que o eleitor está com um desejo incontrolável de derrotar quem lhe tirar direitos.

Principalmente por estar acompanhando a maquininha registradora da lava-jato somando, já em bilhões, o dinheiro roubado por empresários e políticos.

Dinheiro que poderia ter salvado a Previdência.

Principalmente por saber que grandes empresas devem muito à Previdência, mas que vai sobrar para ela – a população – a conta alta dos restos a pagar de vários governos.

Então os deputados que querem seguir a carreira política que se cuidem e tratem de sair de perto do fim.

por Thaisa Galvão

A química repetitiva do “rouba, mas faz”

O bordão “rouba, mas faz” nasceu em São Paulo, nos anos 50.

Barros: roubava (?), mas fazia (Foto: arquivo)
Os cabos eleitorais de Adhemar de Barros, do PSP, o mesmo do potiguar Café Filho (que chegou à Presidência da República como vice de Getúlio Vargas), o disseminavam como antídoto contra denúncias e ataques da oposição.

Veneno feito com veneno, antídoto lógico.

Paulo Maluf da Arena, PDS etc. fez o mesmo.

Nos dias atuais, continuamos a ver a propagação desse escárnio e muita gente esclarecida o considera normal.

Justificável, digamos.

Há poucos anos, virou bordão o “roubado é mais gostoso”, para se justificar vitória no futebol com ajuda da arbitragem.

É, insisto: o problema do brasil (minúsculo mesmo) é o brasileiro.


Acompanhe o Blog ApoDiário pelo Twitter clicando AQUI.

Até Zeus duvida das lendas do Brazil

Os brasileiros inventaram a lenda de que Zeus nasceu nestas terras auriverdes. O Profeta Adalbertovsky revela, do alto das montanhas da Jaqueira: “A assessoria de imprensa da Suprema Corte Celestial informou, categoricamente, através do Anjo Gabriel, pertencente ao Ministério do Arcanjo Miguel: Please, não comprometam o nome do Santíssimo e Amantíssimo Zeus com as profanações das terras auriverdes. Zeus é uma entidade cósmica e universal".

“Naquele País chamado Brazil acontecem coisas que até Zeus duvida. A Madre Superiora ensinou às criancinhas que os brasileiros são criaturas ordeiras e pacíficas. Isto, noves fora o morticínio na guerra do Paraguai, o massacre dos jagunços e beatos em Canudos, a degola dos cangaceiros, as chacinas do dia a dia. E haja palmatória! Nosso céu tem mais estrelas, nossos bosques têm mais vida, nossos corruptos são mais gentis.

“O Brazil não é a Síria, claro. Seis anos de guerra civil naquele infelicitado país causaram uma tragédia humanitária com a morte de mais de 400 mil pessoas e cinco milhões de refugiados". No Brazil em tempos de “paz” a cada ano morrem mais de 50 mil criaturas “de susto, de bala ou vício”, e há 13 milhões de desempregados. A Síria é uma nação arruinada e o Brazil vive em convulsão social.

“Os criminosos da nossa guerra do dia a dia estão matando no Brazil tanto ou quanto os terroristas do estado islâmico na Síria e no Afeganistão”.

por Magno Martins


Bolsa Família começa a ser considerado nos EUA

Tão contestado por aqui, Bolsa Família começa a ser considerado... nos EUA

O nosso Bolsa Família é, com frequência, contestado por aqui, mas, nos EUA, de uma economia cada vez mais robotizada, cresce o interesse por políticas de renda mínima. Um dos entusiastas da proposta é o ex-ministro do Trabalho de Clinton, Robert Reich.

Aliás, a preocupação por lá com a falta de empregos é tão grande que, recentemente, até o bilionário Bill Gates sugeriu que empresas que usem robôs paguem mais impostos.

O Globo - Coluna de Anselmo Gois

Acompanhe o Blog ApoDiário pelo Twitter clicando AQUI.

Resultado final do processo seletivo da Prefeitura do Apodi, acontecerá dia 28 de abril

O Blog esclarece que resultado parcial com os nomes dos aprovados no processo seletivo da Prefeitura Municipal estava previsto pra ser divulgado hoje (24) de abril no Diário Oficial da FEMURN e na mídia oficial da prefeitura (blogs e redes sociais).

O processo seletivo se refere a contratação de 129 profissionais temporários, possibilitando serem pleiteadas por profissionais com formação em nível médio, técnico ou superior.

Já a divulgação dos nomes dos candidatos aprovados no processo seletivo e a homologação do resultado final acontecerão na próxima sexta-feira, dia 28 de abril, no Diário Oficial e na mídia da Prefeitura.

Com informações do blog da PMA

Acompanhe o Blog ApoDiário pelo Twitter clicando AQUI.


Nove estratégias para melhorar a Segurança Pública

A conjuntura é terrível: o crime organizado na ofensiva, as Polícias sucateadas, o Judiciário desconectado da realidade da Guerra Civil em andamento e o Sistema Prisional  repleto de problemas. O que se pode fazer, a nível estratégico, para uma melhoria imediata da Segurança Pública?

Erik, O Caçador
1 - O Governo deve perceber a Insegurança Pública como um nó estrangulando vários aspectos da economia, como o turismo, comércio e transporte, entre outros.

É o caso de contar a Segurança Pública como valor agregado a gestão econômica, de forma a enfocar o setor como "investimento" e não como "gasto". Essa diferença de ângulo terá o efeito de estancar o sucateamento das polícias e vincular o crescimento econômico ao fortalecimento das Forças de Segurança;

2 - Só pode haver eficiência na macro gestão da Segurança Pública se houver união de esforços entre as Polícias, o Ministério Público, os Juizados e o Sistema Prisional.

Se cada uma dessas instituições jogar em times diferentes, teremos exatamente o quadro atual. É fundamental um entrosamento e metas estratégicas a serem atingidas em conjunto, para equilibrar a Sociedade;

3 - É importante que o Sistema de Justiça e Segurança Pública, como um todo, se volte para o fim da impunidade e, não, para as garantias e benesses legais dos criminosos. A Punição rigorosa desestimula o crime, enquanto as indulgências criam um efeito de "crime que compensa";

4 - É preciso que haja uma reflexão, principalmente por parte do Judiciário, sobre a grande mudança operada nos perfis criminais pelo advento das Facções Criminosas. Um apenado de bom comportamento e detido por um pequeno delito, quando solto, será obrigado a praticar crimes para pagar a mensalidade de sua Facção Criminosa, bem como obedecer os "salves" determinando assassinatos, desordens públicas e ataques a Forças de Segurança e Justiça, sob pena de morte.

A compreensão de que as Organizações Criminosas Prisionais são, na verdade, Forças Armadas Insurgentes em Guerra declarada certamente dará outra luz na aplicação das sentenças e analise dos benefícios;

5 - É necessário aceitar a realidade de que nosso Sistema Prisional não ressocializa. Sua serventia é punir e apartar da sociedade o criminoso - e para isso deve ser usado com esmero!

A Utopia da ressocialização está servindo, na prática, para afrouxar o Sistema Prisional, dando brechas para o crescimento das Facções Criminosas;

6 - As Facções Criminosas são narcoguerrilhas urbanas, que controlam de dentro dos presídios o andamento da destruição do Estado de Direito - e assim devem ser encaradas!

Sua destruição não pode receber baixa prioridade, nem tampouco ser deixada entregue a uma burocracia de repartições públicas. É preciso lutar a Guerra como Guerra, pois a ausência dessa atitude está sendo a derrota do Estado Democrático de Direito;

7 - Urge a criação de um sistema de meritocracia e recompensas nas Forças de Segurança Pública. Os critérios de "antiguidade" e " peixada" não são levados a sério em nenhum empreendimento que prospera.

O trabalho eficiente deve ser valorizado e estimulado, tendo a sua frente as pessoas capazes de produzir os resultados. Por esse critério, se extingue a tradição das "Operações Cenográficas" e Programas de Governo inócuos - que só se perpetuam por que a ineficiência é aceita como padrão normal;

8- É fundamental que o policial no front tenha retaguarda jurídica e seja mais beneficiado em sua carreira profissional que o colega administrativo: exatamente o contrário do que acontece hoje!

Como teremos eficiência no combate a criminosos cada vez mais influentes, bem armados e perigosos, se a "sabedoria interna" dos indivíduos nas instituições policiais aponta para se esquivar do confronto?;

9- A Sociedade, inclusive com uso dos meios de comunicação e do Sistema Educacional, deve ser engajada no combate ao crime e ao vício. As áreas dominadas pelo tráfico devem ser saneadas com participação ativa dos moradores locais, para estiolar a principal fonte de poder e renda das Facções Criminosas.

A questão da Segurança Pública, ou melhor, dizendo da Guerra Civil em andamento, deve ter a mais alta prioridade como causa social. Desconectar a população das entidades governamentais é deixá-la à mercê do domínio de outras forças - como está acontecendo, de fato.

Erick Guerra, O Caçador

[informe publicitário] Nova coleção Outono/Inverno San Lorenzo!

Nova coleção Outono/Inverno San Lorenzo!
A nova Coleção Outono/Inverno veio com novas propostas e muito estilo!

domingo, 23 de abril de 2017

ApoDiário – o melhor conteúdo pra você!

Agradeço a todos vocês pela leitura diária ao Blog ApoDiário.

A sua visita a este espaço é de grande importância para continuarmos com esse propósito, que é de informar os assuntos seja ele: local, estadual ou nacional.

Blogueiro não é Jornalista. Mesmo assim, procuro abordar informações sérias, com lisura para nossos web leitores.

Prefiro qualidade à quantidade.

Mas, vamos aos números:

Na última sexta-feira, 21, a nossa página chegou a 13.202 visualizações.

Ontem, 22, foram 20.686 acessos e poderia ter sido mais se não tivesse faltado energia.


Agradeço de coração a você que visita diariamente. Agradeço aqueles que não gostam, mas também leem o meu, seu, nosso ApoDiário!

A você que curte, compartilha e comenta nossos post’s. E principalmente a vocês que são parceiros e acreditam em nosso trabalho.

Muito, obrigado!

Jânio Duarte

Temer acha a corrupção "triste", mas não faz nada

Blog do Josias de Souza

De duas, uma: ou Temer morrerá de tédio ou acabará gritando diante do espelho: “Fora, Temer”.

Carlos Drummond de Andrade escolheu como epígrafe do livro Claro Enigma um verso de Paul Valéry: “Les événements m’ennuient”. Significa: os acontecimentos me entediam. Ou me chateiam, numa tradução livre. Michel Temer poderia adotar o mesmo verso como lema de sua gestão. Mais do que revolta, o comportamento do presidente diante da crise moral começa a provocar uma onda de tédio.

Em entrevista à espanhola TVE, Temer concordou com o entrevistador quando ele disse que é triste ter dezenas de políticos acusados de corrupção no Brasil. “Sim, me parece triste, não posso falar outra coisa”, aquiesceu o entrevistado, antes de deixar claro que sua tristeza não tem a menor serventia: “Em relação a essas investigações, temos que esperar que o Poder Judiciário condene ou absolva as pessoas.”

Dois espetáculos não cabem no mesmo palco. Ou no mesmo governo. Dividido entre uma encenação e outra, a plateia não dá atenção a nenhuma das duas. Temer anuncia que está em cartaz a novela das reformas. Mas a hecatombe da Odebrecht faz piscar outra palavra no letreiro: c-o-r-r-u-p-ç-ã-o. A estratégia de Temer é clara: simular desgosto com a podridão e tentar arranca as reformas do Congresso apodrecido.

Noutra entrevista, dessa vez à agência de notícias Efe, Temer reiterou que deseja descer ao verbete da enciclopédia como o presidente que ''reformulou o país''.  Vaticinou: ''A melhor marca do meu governo, será colocar o país nos trilhos.” Bocejos! O presidente parece dar de barato que, na disputa por um lugar no cartaz, o vocábulo “reformas” prevalecerá sobre “corrupção”. Será?

Fernando Henrique Cardoso gosta de dizer que, sob atmosfera caótica como a atual, o Brasil costuma avançar. De fato, a crise atenuou as resistências ideológicas às reformas. As corporações ainda brigam pela preservação de privilégios. Mas estão meio zonzas. Amedrontado, o Congresso talvez se mexa.

Supondo-se que Temer consiga aprovar algum tipo de reforma trabalhista e previdenciária, os efeitos das mudanças serão avaliados mais adiante. A imagem do seu governo, porém, é um problema urgente. Com a popularidade roçando o chão, Temer associa sua agonizante figura a uma tríade de símbolos tóxicos: cumplicidade, suspeição e acobertamento.

Acomodado por delatores no centro de cenas nas quais foram negociadas verbas eleitorais espúrias e propinas milionárias, Temer só não é investigado porque a Procuradoria-Geral acha que ele dispõe de imunidade temporária enquanto estiver na cadeira de presidente. Contra esse pano de fundo enodoado, o presidente passa a sensação de que não dispõe de moral para agir. Daí, por exemplo, a presença de ministros suspeitos no governo.

Quando escuta Temer dizer que fica “triste” com a suspeita de roubalheira que recai sobre tantos políticos, a plateia boceja de tédio. As manifestações do presidente dão sono antes de irritar. Confrontadas com os avanços da Lava Jato, suas palavras mostram que, no Brasil da Lava jato, o pesadelo tornou-se menos penoso do que o despertar.

Em meio aos dois espetáculos que estão em cartaz, Temer se divide. Do ponto de vista econômico, a aura do presidente pertence à modernização. Do ponto de vista político, Temer se esforça para simbolizar o que há de mais anacrônico. Acossado pela hecatombe moral, Temer reage à moda do avestruz: enfia a cabeça na sua pseudo-tristeza. De duas, uma: ou Temer morrerá de tédio ou acabará gritando diante do espelho: “Fora, Temer”.

Previdência: a piada de FHC a Michel Temer

A Previdência no Brasil é sempre motivo para boas risadas.

Usada e abusada ao bel prazer da desacreditada classe política.

De Fernando Henrique Cardoso a Michel Temer, uma piada pronta e acabada.

Da coluna Radar, na Veja na última sexta feira (21):

Temer x FHC
Em seu último livro, Fernando Henrique Cardoso diz que a reforma da Previdência de 1996 foi desfigurada pelo relator do projeto, o então deputado Michel Temer. O atual presidente rebate: “Ele pedia para aprovarmos o que fosse, pois o importante era o simbolismo”.

Que alguma coisa deve ser feita no setor, disso o Blog não tem dúvida.

Que tal quitar a conta com os bilhões roubados pelos mesmos atores das sucessivas piadas?

Ou com o que devem à tal Previdência, as mesmas empresas que ajudaram a enforcar e esquartejar o Brasil?

Por que o povo tem que pagar o pato?


A excelência posta em xeque

A excelência da Receita Federal do país está em xeque.

Eficaz para pegar barnabés e lisos na malha fina, não viu bilhões passarem pelo dutos da Odebrecht.

Incrível!

por Carlos Santos

Acompanhe o Blog ApoDiário pelo Twitter clicando AQUI.

[informe publicitário] Açaí Apodi – Sorveteria e Sanduicheria


Você que procura lanches em Apodi: temos uma ótima opção para lanches rápidos, sanduíches e pratos a la carte. Agora com muito mais novidades pra você e sua família!

Confira as novidades:
  • Sundae gotas de chocolate;
  • Milk Shake 300ml e 600ml;
  • Vaca preta;
  • Açaí com chantilly na taça;
  • Açaí salada de frutas na taça;
  • Guaraçaí.
Trabalhamos também com entrega imediata. Você pede, nós entregamos! Ligue (84) 99927-1906 / 9142-2458. Aceitamos ainda cartões de crédito Visa e Mastecard.

sábado, 22 de abril de 2017

Apodi vivencia Semana Municipal de Incentivo à Leitura

Encerramento da I Semana Municipal de Leitura aconteceu nessa sexta-feira (21) com cortejo literário pelas ruas da cidade

A Secretaria de Educação e Cultura de Apodi realizou durante toda semana: a I Semana Municipal de Leitura.

Com o tema “Leitura na Praça: Compartilhando experiências” o evento aconteceu de 17 a 21 deste mês, na Praça Dom José Freire e as apresentações das escolas públicas e privadas aconteceram no adro da Matriz.


“Encerramos a nossa I Semana Municipal de Leitura em grande estilo. Ontem, o nosso cortejo reuniu mais de 500 pessoas e envolveu todas as escolas do nosso Apodi”, comentou Alan Silveira.

O projeto teve como objetivo incentivar o desejo pela leitura, tanto em crianças quanto em adultos de nossa cidade.

Devido ao grande sucesso do evento literário, o prefeito já confirmou a segunda edição.

Acompanhe o Blog ApoDiário pelo Twitter clicando AQUI.

Lava Jato ainda não chegou a 100% no RN

As investigações da Lava-Jato ainda não chegaram 100% no Rio Grande do Norte.

A casa vai pegar fogo quando iniciarem as investigações das construções da Arena das Dunas e do terminal de passageiros do Aeroporto Aluízio Alves em São Gonçalo do Amarante.

Segundo uma fonte do Blog do Primo, a bomba ainda não estourou pelo fato do MPF do Rio Grande do Norte manter-se pachorrento na apuração dos casos.

Acompanhe o Blog ApoDiário pelo Twitter clicando AQUI.


A triste sorte de Umarizal/RN

Por Erick, O Caçador

Trabalhei como policial em Umarizal, cidade de 11.000 habitantes, entre 2014 e 2015. Quando cheguei, a cidade era a mais violenta do Estado do Rio Grande do Norte, conhecida em rede nacional de televisão como foco de pistolagem e Novo Cangaço. Na minha última noite a serviço em Umarizal, conversei com várias famílias tranqüilas e felizes, sentadas nas calçadas de suas casas - era "A PAZ DE UMARIZAL" - que saiu da lista das mais violentas estatisticamente, com grande satisfação da sensação de Segurança Pública.

Erick, O Caçador
O que aconteceu entre uma data e outra, foi uma epopéia (talvez um dia escreva um livro sobre o assunto) em que não faltou sangue, suor e lágrimas. Foi um ano em que quase não dormi e em que entrei de cabeça na Guerra contra o Crime e seus sustentáculos políticos. Também bati de frente com empresários inescrupulosos de eventos, playboys do pó e paredões de som, bem como suposta "gente de bem" que acoitava bandidos do próprio sangue. Sobre o comportamento de certos Policiais com quem trabalhei ... Dá outra novela da Globo. Coisas do Alto Oeste, digo para mim agora, que sou veterano. O povo e a terra, aprendi a amar; Da covardia, repugno.

Quando fui transferido, a fama de Umarizal era de cidade em que a Segurança Pública tinha dado certo e, pessoalmente, havia eu ganhado o apodo, que acolhi como um título honorífico dado pela população, de "O Caçador". Dali fui ao Seridó, em Currais Novos, onde me envolvi em outra página gloriosa de bom momento na Segurança Pública nesse Estado, Graças a Deus. Elevo meus pensamentos para a bela Currais, da qual tenho grata recordação.

Em pouco tempo após chegar em Currais Novos, tive notícias do reinício do clamor popular por Segurança Pública na Cidade de Umarizal, incluindo um movimento nas redes sociais pedindo meu retorno (movimento "Volta Caçador") e diversas passeatas pela cidade, em mobilizações populares históricas na Região. Por essa época, alguns "colegas policiais" orquestraram uma enciumada e contraproducente campanha de difamação da minha pessoa, o que lhes trouxe a desconfiança da população em peso - e não foi bom para o serviço. De lá para cá, assaltos, arrombamentos assassinatos à luz do dia e da noite (no centro da cidade), lei do silêncio, invasões da cidade por quadrilhas de estouro de bancos, retorno do coito interestadual de criminosos na região, povo aterrorizado trancafiado em casa e fuga de policiais do serviço na cidade são o cotidiano. Umarizal é faroeste de novo, infelizmente. E também é óbvio que "alguém" ganha com a bagunça... Pois há uma conhecida "Operação Abafa" a nível local (tipo: pessoas normais tem medo de falar que tem medo, pois podem sofrer retaliações de certas "pessoas de bem", se é que dá para entender).

Na data em que escrevo, o Alto Oeste inteiro clama por Segurança Pública e há mobilização inclusive das classes políticas locais em torno do tema ( uma raridade). Alto Sertão abandonado à míngua de ações eficazes do Governo do Estado e repleto de lideranças políticas locais mafiadas. Deslei. A Sociedade sofre. Algo positivo será feito, efetivamente? Só Deus sabe!

E Umarizal, pobre Umarizal - de tanta gente boa - a minha Gavião, de tão triste sorte, clama por sua triste sina, sob o troar de tiros, a fanfarronice desculposa de frouxos, a ousadia de fascínoras e as orações dos desvalidos.

Nunca fui chamado pelo Escalão Superior da Segurança Pública para dizer como foi possível a "PAZ DE UMARIZAL", exemplo, ou modelo, de trabalho que pode ser reproduzido para outras cidades e, certamente reaplicado na própria Princesa do Alto Oeste, por outros policiais dispostos e corajosos. Coisas da Segurança Pública, digo para mim mesmo, agora que estou "passado na casca do alho", como fala o povão. Em Currais Novos, cidade quatro vezes maior, semelhante estratégia deu certo...

O que tenho a dizer, enfaticamente, é que há solução. Vi e vivi isso, não posso depor o contrário. Há milhares de testemunhas.

Mas... Como na hierarquia da Segurança Pública sou um simples Agente de Polícia Civil, da Classe mais baixa e sem condições objetivas de oferecer à população a quem sirvo as soluções que merece, continuo lutando na Guerra Civil Imunda, no lugar onde estou agora - e, a ti, Umarizal vão minhas orações.

Fiquem com DEUS!

Erick Guerra, O Caçador

Veja “Raio X” com “Tudo sobre a delação da Odebrecht”

O portal G1 colocou no ar um documento expressivo em relação à Operação Lava Jato.

Abriu página especial com “Raio X” do caso. “Tudo sobre a Delação da Odebrecht” é o título do material especial que tem permanente atualização para o internauta acompanhar a apuração judicial.


Os políticos citados, apelidos, os pontos-chave das delações, os inquéritos e as petições, os vídeos e perfil da Construtora Norberto Odebrecht da empresa estão expostos.

No caso do Rio Grande do Norte, é possível colher todas as minudências dos nomes citados até aqui na lista do ministro-relator dessa demanda no âmbito do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Edson Fachin:

Robinson Faria (PSD) – AQUI;
José Agripino (DEM) – AQUI;
Garibaldi Filho (PMDB) – AQUI;
Felipe Maia (DEM) – AQUI;
Fábio Faria (PSD) – AQUI;
Rosalba Ciarlini (PP) – AQUI;
Wilma de Faria (PTdoB) – AQUI;
Henrique Alves (PMDB) – AQUI;
Iberê Ferreira (PSB, já falecido) – AQUI.

Acompanhe o Blog ApoDiário pelo Twitter clicando AQUI.

Política do Pão e Circo no Oeste?

No Império Romano quando o momento era de crise, tudo era escasso, para o povo se acalmar, não reclamar e, não se revoltar contra o poder dominante da época, era utilizado a política do “pão e circo”, ou seja, eram construídas enormes arenas (Coliseu), nas quais se realizavam os sangrentos espetáculos dos gladiadores.

Enquanto o espetáculo acontecia, alguns servos eram incumbidos de jogar pão nas arquibancadas. Dessa forma o povo não reclamava dos problemas que os acometia ou alguma crise política que poderia estar em pauta no momento. Ao patrocinarem a diversão e a comida gratuita ao povo, o mesmo se esquecia, momentaneamente, desses problemas e, quando se lembrassem, os fervores do momento já havia passado.

Dessa forma, o povo de barriga cheia e diversão garantida ficava mais calmo, pacífico e voltava para casa sem reclamar e protestar das injustiças sofridas, se sujeitando uma vez mais aos desmandos dos Césares da época e relegando as decisões importantes a esses líderes políticos sem participarem ativamente do processo.

Pois bem…

Enquanto alguns prefeitos fazem festas para a acalmar a população, alguns salários estão sem pagar, aluguéis em atraso e muita coisa desarrumada.

Bora Trabalhar!!!

Acompanhe o Blog ApoDiário pelo Twitter clicando AQUI.


A vocês uma aula (1ª lição) do que é baleia azul

Blog do Renato Riella

Há tempos ele participa de grupos semelhantes. Até já ficou escondido aqui em Brasília, quatro anos atrás, temendo que “companheiros” de diversos países viessem “buscá-lo” em casa, como ameaçaram (e isso foi antes desta Baleia).

O rapaz esperto me disse que o sistema assassino nasceu na Rússia, “onde surgem todas as maluquices”. Hoje este meu jovem informante se mostra vacinado e até dá risada quando vê os sofrimentos das atuais vítimas.

O jogo eletrônico do momento é mais grave, porque independe do jovem acessar um endereço chamado Baleia Azul na Internet.

O rapaz ou mocinha pode ser integrado num grupo deste mundo baleioso via Facebook, Twitter ou mesmo WhatsAppp. Quando percebe, já está dentro da máfia – e fica difícil sair.

O sistema Baleia Azul tem inteligência e capacidade para mergulhar nas profundidades da informação da pessoa, cruzando dados das redes sociais e da Internet de maneira geral. Vai fundo!

Dizem que hoje a Receita Federal do Brasil tem a sua baleiinha em forma de Leão… É parecido.

Na Baleia Azul, quando o jovem vê, já é escravo de um mundo não identificado, que pode vigiá-lo, chantageá-lo e até ameaçar a vida do pobre coitado.

Há milhões de pessoas em todo o mundo, agora, alimentando esta maluquice. Trabalhando de graça contra a humanidade, de olho nas vítimas.

Pessoas muito novas, sem estrutura mental, podem entrar no jogo como desafio ou mesmo envolvidas de forma sub-reptícia. O maior barato! Quando vê, virou escravo. Pensando bem, as drogas não são assim?

Pergunta sem resposta: será que gente velha entra nisso?

A Baleia Azul pode, por exemplo, captar foto comprometedora de alguém e jogar sujo com esta informação, como trunfo para dominar o ser humano fragilizado, etc.

Há dois dias, defini a Baleia Azul como “hipnotismo digital”. Deve ser algo parecido.

Meu Deus! Pessoas normais, pessoas nossas, perdem o controle da própria vida e até a preservação do corpo, por causa de uma “brincadeira”.

No jogo, podem ser exigidas provas bizarras, como ficar sem beber água, ficar sem respirar durante mais de um minuto, cortar as pernas com gilete, suicídio em conjunto, entre outras barbaridades. Envolvido, dominado, o indivíduo aceita tudo.

Baleia Azul é isso. E é tudo o mais que a tecnologia pode gerar para invadir nossa privacidade. Muito mais do que você pode imaginar.

Por exemplo, dou uma dica para hoje: bote um pedaço de fita adesiva não transparente na câmera do seu laptop (acima da tela). Caso contrário, um baleioso esperto pode estar vendo você tirando meleca do nariz enquanto digita – ou coisa pior.

A orientação de segurança – que eu não sigo – é retirar das redes sociais todas as individualidades.

Elimine das redes sociais seu endereço, nome dos pais, se possível evite o nome completo, email individual, local de trabalho ou escola, fragilidades emocionais, relações amorosas, etc.

Diante de tudo isso, gerou-se um pânico. Certamente, o medo atual vai servir para redefinir o uso individual do Face, Twitter, WhatApp, etc.

É uma epidemia. Até que surja uma vacina, muitos “inocentes” vão morrer.

Fiquem de olhos nos seus meninos e meninas.  (RENATO RIELLA)

Vereador estimula o princípio da publicidade e a necessidade de transparência na Administração Pública


O estímulo à transparência pública é um dos objetivos essenciais da moderna Administração Pública.

A ampliação da divulgação das ações governamentais a todos(as) cidadãos(as) apodienses, além de contribuir para o fortalecimento da democracia, prestigia e desenvolve as noções de cidadania.

O Vereador Gilvan Alves diz que na administração pública deve ter acima de tudo transparência, nos atos, ações e em seu funcionamento no geral.

“Nós, como agentes públicos, fiscais da aplicação das leis, em sua totalidade, devemos dar o exemplo, e sermos pioneiros nas campanhas educativas de publicidade dos bens e serviços públicos”, frisou Alves.

Portanto, através da nossa campanha TRANSPARÊNCIA - é o antídoto da corrupção! Estamos publicizando os nomes e ocupações dos Servidores Públicos da Câmara Municipal de Apodi.

Clique AQUI e confira a lista dos servidores da câmara municipal.

[informe publicitário] Lavanderia Vitória em Apodi

LAVANDERIA VITÓRIA
Rua Nossa Senhora da Conceição, 165
(84) 99110-7241 ao lado da Igreja Matriz
Bem no centro comercial de Apodi

sexta-feira, 21 de abril de 2017

Acidente entre motocicleta e carro deixam dois feridos em Apodi

Batida aconteceu nesta sexta-feira (21) em Apodi. Um casal de idosos foram socorridos pelo SAMU local com ferimentos graves; motorista não se feriu

Dois motociclistas ficaram feridos após se envolver em um acidente na BR – 405, no cruzamento com a rua Antonio Lopes Filho, em Apodi (RN), no início da noite desta sexta-feira (21).

De acordo com o Polícia Militar, as vítimas seguiam pela BR – 405, colidindo de frente com um carro. Com o impacto da batida, um capacete ficou gravado no pára-brisa do veículo.

Ainda segundo a polícia, os idosos que estavam na motociclista foram socorridos por uma Unidade de Resgate do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levado ao hospital regional de Apodi com ferimentos graves. Já o motorista do carro não se feriu.

Até o momento não conseguimos identificar os nomes das vítimas.

Acompanhe o Blog ApoDiário pelo Twitter clicando AQUI.


Alunos de escola de Riacho da Cruz fez doação de 2 mil garrafas pet ao CDP de Apodi

Depois de ver o projeto de fabricação de vassouras na TV, alunos de uma escola de Riacho da Cruz doaram duas mil garrafas pet

O Centro de Detenção Provisória de Apodi (CDP) recebeu uma visita na manhã de hoje (21) de 08 alunos, um professor, além do diretor de uma escola da cidade de Riacho da Cruz. Os alunos recolheram cerca de duas mil garrafas pet, através de uma gincana realizada pela Escola Municipal João Soares da Silva, na cidade de Riacho da Cruz e hoje vieram fazer a doação ao diretor Márcio Morais.

“Vimos esse trabalho desenvolvido aqui pela TV, então resolvemos nos deslocar até o CDP para doar essas unidades, colaborando com esse trabalho importantíssimo”, destaco o diretor Antonio Clésio.


A prefeitura de Riacho da Cruz cedeu o transporte para trazerem as garrafas e os alunos até o Centro de Detenção Provisória de Apodi.

“Vai ser possível a fabricação de cerca de 200 vassouras. O que chamou atenção é uma escola de Riacho da Cruz vir apoiar nosso projeto de ressocialização e preservação ao meio ambiente, enquanto o nosso município não se dispôs a ajudar”, comentou o diretor Márcio Morais.

Na oportunidade, o diretor da unidade Márcio Morais também realizou doações de vassouras aos alunos, professor e diretor já prontas para serem utilizadas.

O projeto hoje conta com oito detentos e já foram retirados cerca de 12 mil garrafas pet do meio ambiente. A cada três dias trabalhados o interno em um dia de remissão em sua pena.

Acompanhe o Blog ApoDiário pelo Twitter clicando AQUI.

Apenas Antônio Jácome e Zenaide Maia votaram contra a Reforma Trabalhista

Dos oito deputados federais do RN somente dois votaram contra a Reforma Trabalhista, Antônio Jácome e Zenaide Maia. Valeu a pressão feita pelo presidente Michel Temer junto aos líderes partidários.

Walter Alves havia votado contra a urgência, mas recuou e Fábio Faria e Beto Rosado faltosos na reunião anterior compareceram e votaram em favor da urgência da votação.

Acompanhe o Blog ApoDiário pelo Twitter clicando AQUI.