sexta-feira, 28 de julho de 2017

Lembrar que hoje é sexta-feira! Confira a gata da sexta. Rsrs...


Antônio e Jacó Jácome em Apodi

Antônio Jácome (azul) e o filho Jacó Jácome (cinza) na ponta

Os deputados federal e estadual, Antônio Jácome e Jacó Jácome, ambos do PODEMOS estivem ontem em Apodi.

Os dois pai e filho estiveram participando da 11ª Conferência Municipal de Assistência Social. No mais...

Política, política, política.

É, 2018 vem aí!

Imagem marcada pela corrupção

A baixa popularidade do Governo Temer está associada a vários fatores. O primeiro deles pode ser explicado à falta de legitimidade. Temer chegou ao poder por um processo traumático, consolidado pelo impeachment da ex-presidente Dilma.

O governo ilegítimo se acentuou mais ainda por culpa do próprio Temer. Ao invés de construir um ministério de notáveis, lançou mão de políticos com ficha suja, envolvidos na Lava jato.

O que mais afundou a sua imagem, entretanto, foi a armação em que caiu, sem explicações, da gravação do dono do frigorífico JBS, Joesley Batista, com trechos em que estaria comprando o silêncio do ex-presidente da Câmara, Eduardo Cunha. Mais adiante, pipocou o episódio da mala dos R$ 500 mil, conduzida pelo ex-deputado Loures Rocha, da sua extrema confiança, como produto de uma propina.

Nenhum fato positivo do Governo, como a reação da economia, a retomada dos postos de trabalho, a queda da inflação e o crescimento do PIB, tem poder de fazer o contraponto aos fatos negativos envolvendo o presidente. Por mais que ele se esforce e por mais que a economia reaja, a população não se convence das boas marcas da gestão. A informação é de Magno Martins em sua coluna.

A pesquisa de ontem mostrou que seu Governo tem apenas 5% de aprovação. Nunca na história republicana se viu tamanho grau de impopularidade. Mas é a tal coisa: nenhum governante com a pecha da corrupção consegue ter cheiro de povo.

O Brasil, felizmente, parece que começa a se vacinar contra a chaga da roubalheira.

Nota do blog: Que a aprovação do governo é baixa, todo mundo sabe. Mas a divulgação de uma nova pesquisa, fresquinha, mostrando que a popularidade do presidente da República continua piorando, é péssima notícia para o presidente Michel Temer, que está em esforço final para obter da Câmara a rejeição do pedido de denúncia contra ele feito pela Procuradoria Geral da República (PGR).

A esta altura, se o resultado da pesquisa não afetar substancialmente o placar na Câmara – que até aqui era de que o presidente iria vencer no plenário da Câmara –, seguramente, vai tornar "mais caro" este apoio.


Secretário do CMDS acompanha obras do sistema de abastecimento de água comunitário de Bamburral

Agnaldo acompanha os serviços de abastecimento de água. Foto: cedida.
Na tarde desta quinta feira, 27, Agnaldo Fernandes – Secretário do Conselho Municipal de Desenvolvimento Sustentável e Solidário (CMDS) de Apodi – RN, esteve acompanhando os serviços da segunda etapa do projeto Governo Cidadão que irá ampliar o sistema de abastecimento de água comunitário na comunidade de Bamburral.

"A conclusão do projeto levará água para cerca de 75 famílias que residem na localidade", disse Agnaldo.

Acompanhe o Blog ApoDiário pelo Twitter clicando AQUI.

Apodi realiza a 11ª Conferência Municipal de Assistência Social

Apodi

A 11ª Conferência Municipal de Assistência Social acontece no Centro do Idoso Flor da Idade, no centro da cidade.

Isiany Menezes ressalta a importância da discussão em conjunto para o aprimoramento das políticas públicas
O município de Apodi iniciou, nesta quinta-feira (27), a realização da 11ª Conferência Municipal de Assistência Social. O objetivo do evento é discutir ideias que ajudem a melhorar os serviços de atenção por meio da Assistência Social. A programação conta com discussões e palestras.

Durante a abertura, a secretária Municipal de Desenvolvimento e Assistência Social, Isiany Menezes, defendeu o fortalecimento do Sistema Único de Assistência Social (SUAS) como aliada para o enfrentamento das desigualdades. Ela ressaltou a importância da discussão em conjunto para o aprimoramento das políticas públicas.

“Falar da política de assistência social é falar da política caritativa. Esta conferência é um espaço para que vocês discutam sobre a melhoria do processo de assistência, e isto se faz com o fortalecimento do SUAS”, destacou a secretária.

A 11ª Conferência Municipal de Assistência Social continua na sexta-feira (28) com a realização de palestras e debates. O evento acontece no Centro do Idoso Flor da Idade.

Arraiá da "Mesa da Amargura", domingo - dia 30 de Julho

Clique no cartaz para ampliar!

quinta-feira, 27 de julho de 2017

Ninguém sabia

Ninguém sabia que o vereador Raniere Barbosa é proprietário de uma franquia da Pittsburg em Fernando de Noronha e Henrique Alves proprietário de uma grande extensão de terra no valioso Projeto do Perímetro Irrigado Santa Cruz de Apodi.

Para o povo ficar sabendo foi preciso a Operação Cidade Luz revelar o negócio fast food Raniere e o MST invadir a fazenda para o povo saber da vocação agrícola de Henrique Alves.

Acompanhe o Blog ApoDiário pelo Twitter clicando AQUI.

Estado poderá emplacar dois meses de atraso salarial

O governador Robinson Faria (PSD) faz acrobacias com sua equipe de governo, para atenuar ou sanar a via crucis do pagamento da folha de pessoal do estado, mas não tem sido fácil.

Internamente, estima-se que em agosto ou setembro, o estado poderá emplacar até dois meses de atraso salarial, mesmo pagando em conta-gotas a folha, com “vales”.

Agosto chegará, por exemplo, com salários de junho ainda incompletos.

Eu vi no blog do Carlos Santos

Acompanhe o Blog ApoDiário pelo Twitter clicando AQUI.


Apodi: MST ocupa fazendas ligada ao ex-ministro Henrique Alves

Sem-terra ocupam Perímetro Irrigado Santa Cruz de Apodi, no Rio Grande do Norte/MST
Na noite do dia 25 de julho, marcado pela celebração do Dia do Agricultor e da Agricultora, militantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST) deram continuidade a Jornada Nacional de Luta pela Reforma Agrária, ocupando o Projeto do Perímetro Irrigado Santa Cruz de Apodi, articulado pelo político Henrique Eduardo Alves (PMDB), atualmente preso por corrupção.

Conhecido como "Projeto da Morte", o Perímetro Irrigado fica localizado na Chapada do Apodi do Rio Grande do Norte, região que vem sendo palco de conflitos entre representantes do agronegócio e camponeses desde 2012. O projeto é resultado de uma articulação de Alves, então Ministro da Integração Nacional, junto à bancada ruralista e as multinacionais do agronegócio.

Em junho deste ano, o político foi denunciado pelo Ministério Público Federal do Rio Grande do Norte pelo esquema de lavagem de dinheiro e pagamento de ao menos R$ 11,5 milhões em propinas, que também envolveu o ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB). As denúncias foram realizadas no âmbito da Operação Manus, um dos desdobramentos da Lava Jato. 

Os projetos de Perímetros Irrigados fazem parte dos "grandes projetos" elaborados durante a Ditadura Militar, em aliança com fazendeiros e empresas do agronegócio, para supostamente alcançar o "desenvolvimento" e o "combate à seca" no nordeste. Estudos de impacto ambiental destacam que o projeto de Santa Cruz de Apodi não teria viabilidade técnica, pois a água existente na região apenas o viabilizaria por cinco anos, além de beneficiar um modelo de agricultura baseado no uso intensivo de agrotóxico.

Segundo uma nota divulgada pelo MST, o projeto foi moeda de troca para a articulação do "golpe jurídico-midiático-parlamentar empresarial de 2016, que levou o Presidente Michel Temer (PMDB) a presidência da república do Brasil, e a imposição de uma agenda de retrocessos a classe trabalhadora brasileira e a reforma agrária".

Considerada referência nacional na construção da transição agroecológica, por meio da produção e cooperação de famílias agricultoras assentadas em pelo menos trinta assentamentos do movimento, a Chapada do Apodi tem um dos maiores índices do desenvolvimento humano no estado do RN. No entanto, o MST alega que a construção da obra tem impactado diretamente na região, reconcentrando as terras sem indenização justa, e expulsando famílias do campo para as periferias das cidades.

“Exigimos que as terras desapropriadas sejam destinadas para a construção de um grande Projeto de Reforma Agrária Popular, que democratize a terra e água, avance na construção de um modelo de agricultura camponesa e familiar, que produza alimentos saudáveis para o campo e a cidade”, afirma a direção estadual do MST do Rio Grande do Norte.

A ocupação no Perímetro foi uma das muitas realizadas pelo MST por todas as regiões do país ao longo do dia 25, sob o lema "Corruptos, devolvam nossas terra!". As ações tiveram o objetivo de denunciar a relação entre o agronegócio com o governo golpista de Michel Temer, além do avanço no desmonte da agenda ambiental, a liberação da grilagem de terras, a permissão do aumento do desmatamento e o congelamento de novas demarcações de terras indígenas e quilombolas.


Acompanhe o Blog ApoDiário pelo Twitter clicando AQUI.

Escola Antonio Dantas realiza Audiência Pública com a temática Resíduos Sólidos


Dando prosseguimento às ações relacionadas ao PIP - Projeto de Inovação Pedagógica, a Escola Estadual Professor Antonio Dantas realizou na manhã do último sábado (22/07), uma audiência pública para tratar, junto às autoridades e instituições locais, sobre um dos grandes problemas enfrentados pela sociedade moderna: "Resíduos sólidos de Apodi: destinação e como gerenciar". O evento que aconteceu no auditório do STTR - Sindicato dos Trabalhadores e das Trabalhadoras Rurais, foi organizado pela equipe pedagógica e docente da Escola, tendo como público alvo os alunos matriculados no 1° ano do Ensino Médio, e contou com total apoio da equipe gestora.

O professor Samuel Souza, coordenador do PIP, atuou como mediador entre a mesa diretora (autoridades e entidades representadas) e a plenária (alunos e professores). Além de expor suas considerações sobre o trabalho que vem sendo desenvolvido, o professor apresentou um vídeo ilustrativo acerca da Lei 12.305/2010, Lei dos Resíduos Sólidos. Aldeniza França, coordenadora pedagógica da Escola Antonio Dantas, fez uma breve explanação do projeto "Sustentabilidade e Educação Ambiental: repensando os saberes escolares". O tema meio ambiente está inserido na proposta pedagógica da escola desde 2002, e ao longo dos anos tem sido ampliado, visando melhorar o comportamento dos estudantes, alertando-os para os impactos do lixo aos ecossistemas.


Os vereadores Genivan Varela, Gilvan Alves e João Evangelista enriqueceram o debate levantando questões desde a presença de órgãos fiscalizadores à participação da sociedade na reelaboração do plano diretor para rever a problemática do aterro sanitário, abatedouro, entre outros. Participaram também das discussões, os alunos Lindielson Santos e Anderson Torres, demonstrando suas perspectivas e estudos sobre a temática, além de perguntas de outros estudantes direcionadas à mesa diretora. Pedro Bandeira, professor da Escola, fez sugestões ao poder executivo de implantação de benefícios via IPTU para incentivar a coleta seletiva pela população.

Estiveram presentes na audiência, representantes de entidades apodienses: Pr. Cícero Manoel dos Santos, da Igreja Congregacional e presidente da COEVAP - Comunidade Evangélica Apodiense; Agnaldo Fernandes, presidente do STTR Apodi; secretários municipais Alan Rodrigues (Urbanismo), Elmo Alves (Educação) e Luis Felipe (rep. Secretaria de Agricultura); Genildo de Sousa, especialista em Engenharia Ambiental e Saneamento, como representante de pais; professor Ozamir Lima, pelo SINTE/RN e SINTRAPMA, que fez o enfoque sobre as produções textuais feitas pelos alunos via diários de bordo, bem como as visitas técnicas para conhecer os problemas do lixo local.

Clique AQUI e continue lendo.

Por Nara Lyra

Nota do blog: O ApoDiário já abordou este importante tema, clique AQUI e reveja.


Campus Apodi aprova 40 trabalhos na V Semana de Química

O evento acontecerá no período de 1 a 4 de Agosto no Campus Nova Cruz
Nesta quinta edição da Semana de Química, O CampusApodi obteve o êxito de aprovar o maior número de trabalhos em comparação aos demais Campi. Foram 40 trabalhos aprovados nas áreas de Química Orgânica, Química Geral e Inorgânica e Educação Química e PIBID com orientação dos professores Luciana Bertini, Leonardo Alcântara, Paulo Roberto, Felipe Maia, Aleksandra Nogueira, Alexsandra Carvalho e Rosimary Fernandes.

A Semana de Química do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN) tem se realizado institucionalmente no âmbito dos cursos superiores de Licenciatura em Química desde o ano de 2013, com grandes perspectivas de se tornar um evento anual e obrigatório no calendário de nossa instituição.

Este ano o evento será realizado no Campus Nova Cruz no período de 1 a 4 de agosto, terá como tema norteador a "Educação Química e Tecnologia: um exercício da indissociabilidadee contará com palestras, minicursos, mesas redondas, apresentações de trabalhos.

Túnel do Tempo (parte 152). “Lá se vão…” Quem aparece no retrato?


O eterno rei do baião Luiz Gonzaga cantando para o seu povo em Serrita, na Missa do Vaqueiro, nos anos 80, com a sua inseparável sanfona.

Quanta saudade! Apareceu muita gente boa no pedaço, mas nada comparável. Insubstituível!

Se você tem uma foto do fundo do baú nos envie para postagem neste quadro pelo e-mail jdapodiario@hotmail.com ou pelo WhatsApp 9.9451-0465.

[informe publicitário] Center Peças – a sua melhor loja de peças para motos



Center Peças - você encontra acessórios como pneus, capacetes, baterias, peças e serviços em geral com os melhores profissionais de Apodi. A Center Peças aceita todos os cartões de créditos e parcela em até 6x. Faça-nos uma visita e comprove o que estamos anunciando.

Organização: Francisco Pereira
Telefone: (84) 3333-2674 ou 9427-0363
Rua: Benjamin Constant, 516

quarta-feira, 26 de julho de 2017

Não existe poder sem comunicação

As prefeituras precisam se comunicar melhor e valorizar os profissionais da área da comunicação.

A comunicação é o eixo central de uma gestão, mas os prefeitos têm um certo preconceito com a figura do assessor, que tem dificuldade de ser ouvido. Para alguns gestores, o jornalista está ali apenas para mandar notícias. Não existe poder sem comunicação.

Está faltando estratégia digital das gestões. Não adianta inovar, colocar aplicativos para tirar filas de unidades de saúde e a pessoa chega nos locais e faltam médicos, por exemplo, porque isso é transferir o problema.

É preciso estratégia. O trabalho do assessor de comunicação, hoje, é pensar fora da caixa, usar as ferramentas da tecnologia para favorecer a comunicação.

A cidade que precisamos é a da comunicação, da informação. As pessoas são desinformadas. Mesmo com a chegada das redes sociais, da Internet, as pessoas não estão mais bem informadas. Em uma lan house, os jovens estão consumindo joguinhos ao invés da boa informação.

Outra questão foi a explosão de blogs na rede. Em tese, a disseminação faria a população ficar mais informada. Mas não é o que acontece. "Nada contra meus amigos blogueiros, mas muitos enveredaram pelo noticiário do crime, do sangue. Como isso contribui para a formação do povo?".

Os municípios utilizam de forma precária as ferramentas de comunicação. Começa na própria base municipalista. O prefeito vai formar sua equipe e deixa por último o secretário de comunicação. Isso quando tem. Às vezes, é a pior remuneração.

O prefeito que não tem uma base boa de comunicação não se comunica com a população. E quantos instrumentos disponíveis para fazer uma boa comunicação a Internet oferece.

Ah, antes que esqueça, serve para as câmaras municipais também.

Nota do blog: O mundo mudou, mas a cabeça dos gestores continua no século passado.

Acompanhe o Blog ApoDiário pelo Twitter clicando AQUI.


E a saúde na UTI

Enquanto o grosso da pobre população do Rio de Janeiro pena nas filas de hospitais públicos implorando atendimento pelo SUS, o Governo Temer, na contramão da história, destina a bagatela de R$ 13 milhões para bancar as escolas de samba do Carnaval de 2018.

Cadê a prioridade para saúde neste País?

Os hospitais continuam sucateados não apenas nos hospitais do Estado do Rio, mas de todas as capitais brasileiras, inclusive nas menores cidades.

Acompanhe o Blog ApoDiário pelo Twitter clicando AQUI.

Hospital Regional do Apodi tem nomeação de nova diretora

Aloma: direção (Foto: web)
Aloma Tereza Cavalcante Nogueira é a nova diretora geral do Hospital Regional Hélio Morais Marinho (HRHMM), do Apodi.

A portaria está publicada hoje no Diário Oficial do Estado (DOE).

A nova diretora foi secretária do Desenvolvimento e Assistência Social do município, na administração do prefeito Flaviano Monteiro (PCdoB). Ele não se reelegeu no pleito do ano passado.

Ela substituirá Leandro Maia, exonerado à semana passada, após participar de movimento popular contra eventual fechamento do hospital.

Acompanhe o Blog ApoDiário pelo Twitter clicando AQUI.



Campanha de arrecadação do Lixo Eletrônico é realizada pelas Filhas de Jó em Apodi

Lixo Eletrônico é todo resíduo material produzido pelo descarte de equipamentos eletrônicos.

Com o elevado uso de equipamentos eletrônicos no mundo moderno, este tipo de lixo tem se tornado um grande problema ambiental quando não descartado em locais adequados.

Você sabia que o lixo eletrônico descartado de forma inadequada pode causar sérios problemas ao meio ambiente?

Isso porque os metais, material muito usado na composição dos eletrônicos, demoram mais de 100 anos para serem degradados pela natureza!

Levando em consideração esse fato, e também como forma de conclusão da primeira etapa do Projeto do Grande Time do RN, o Bethel 07 - Princesas do Vale - está realizando uma campanha de coleta do lixo eletrônico no município de Apodi.

E aí, vamos ajudar a mãe natureza?

O que eu devo fazer?

Você deve entregar o seu lixo eletrônico na Loja Maçônica Vale do Apodi, no dia 29 de julho de 2017. Horário da entrega: das 15h30min às 18h00min.

O que eu posso levar?

Equipamentos de informática em geral, como: celulares, cabos, notebooks, CPU, calculadoras, computadores, carregadores, brinquedos eletrônicos e outros.

Clique AQUI e acompanhe o trabalho da maçonaria.

Nota do blog: Entre os países emergentes, o Brasil é o país que mais gera lixo eletrônico. Cerca de 40 milhões de toneladas de lixo eletrônico são gerados por ano no mundo.

[informe publicitário] Posto Cidade em Apodi, qualidade para você ir mais longe!



O Posto Cidade no município de Apodi é aberto 24 horas – lá você conta com Conveniência, óleo diesel comum S500 e ótima localização.

Nossos colaboradores são treinados para garantir o melhor atendimento a você, nosso maior parceiro!

Nossos combustíveis passam diariamente por testes rigorosos de qualidade para garantir o melhor para seu veículo.

Qualidade que garante até 3% de economia no consumo do combustível, melhora a potência e aumenta autonomia do motor.

terça-feira, 25 de julho de 2017

Confira as datas e cidades que sediarão os 9 aulões do projeto Quero Aprender, do próximo sábado, até o Enem, nas 16 regionais

Clique no cartaz para ampliar!

Golpe no povo

O aumento dos impostos cobrados sobre combustíveis trouxe como consequência direta o aumento imediato do preço dos combustíveis e, por consequência indireta, o aumento de preço de produtos de consumo básico, o que, sem dúvida, é um grande golpe na população brasileira mais pobre.

Nossa tributação regressiva, com forte incidência no consumo, acaba por comprometer o pobre em relação aos mais abastados.

Mais uma vez, na tentativa de cobrir rombos orçamentários, o governo convida os mais pobres para pagar a conta.

Diferente de muitos países que taxam mais fortemente as grandes fortunas, no Brasil essas estão protegidas por uma legislação tributária feita por encomenda para proteger os mais ricos em detrimento da grande massa de trabalhadores.

Nossos representantes chegam ao congresso com o voto da população, no entanto, são financiados pelo dinheiro das grandes corporações que, em troca, exigem proteção.

A mudança no modelo de financiamento de campanha é, sem dúvida, um importante passo na busca do equilíbrio social que, diferente do que ocorre hoje, proteja a maioria e aos que mais precisam.

Por Júlio Lóssio

Acompanhe o Blog ApoDiário pelo Twitter clicando AQUI.

É só uma vaquinha

Como sempre, as pessoas estão discutindo uma questão pública pelo lado errado.

É claro que a gasolina poderia ser vendida a um real litro. Entretanto o governo transformou a gasolina num produto sobretaxado para arrecadar emergencialmente parte dos recursos que precisa em virtude do rombo fiscal acumulado nos últimos anos.

Como a atividade econômica diminuiu e com ela a arrecadação de impostos, o governo tem que buscar dinheiro para o país não quebrar.

E como o governo não pode fazer uma vaquinha entre amigos, tem mesmo que aumentar o tributo em algum produto. E esse produto é a gasolina no pressuposto de que quem a usa tem dinheiro para entrar na vaquinha.

Simples assim. É besteira está se comparando preço da gasolina daqui com a Venezuela ou o Cazaquistão na busca de perplexidades inúteis.

Continuem votando nas mesmas pessoas que vocês continuarão tendo esses mesmos problemas sempre.

Feliz Eleições em 2018.

Acompanhe o Blog ApoDiário pelo Twitter clicando AQUI.

Um deputado muito distante de Apodi e do RN

Dividindo seu tempo há anos entre Brasília e São Paulo-SP, o deputado federal potiguar Fábio Faria (PSD) está cada dia mais distante da realidade do estado que representa.

Fábio e Patrícia: Brasília e São Paulo (Foto: Manuela Scarpa)
Por aqui, quase não aparece há tempos. No máximo, posa em seu gabinete no Distrito Federal com correligionários (prefeitos e vereadores) que o procuram.

Se o soltarem no adro da Matriz de Apodi, talvez não consiga chegar ao Hotel Chapadão na mesma cidade.

Por isso, que é cada dia mais possível sua mudança também de domicílio eleitoral.

Estará em casa, que se diga.

Ninguém considere improvável que ele seja candidato a deputado federal por São Paulo, lugar onde passa a maior parte do seu tempo com a mulher Patrícia Abravanel (uma das herdeiras do apresentador de TV Sílvio Santos) e o filho Pedro.

Acompanhe o Blog ApoDiário pelo Twitter clicando AQUI.


Direção de hospitais regionais é alvo de forças políticas

Jarbas e Leandro: política (Foto: arquivo)
Os cargos de direção geral dos hospitais regionais do Apodi e Mossoró são objetos de luta renhida nos intramuros do Governo do Rio Grande do Norte.

A indicação de nomes confronta aliados e potenciais aliados do governador Robinson Faria (PSD), nas duas regiões.

O que ensejou essa situação foi a saída do bioquímico Leandro Maia do Hospital Regional Hélio Morais Marinho (HRHMM), no Apodi, e a do odontólogo Jarbas Mariano do Hospital Regional Tarcísio Maia (HRTM), em Mossoró.

Fonte: Blog do Carlos Santos

Acompanhe o Blog ApoDiário pelo Twitter clicando AQUI.


Apodi: Ministério Público manda prefeitura 'retirar' vendedores ambulantes

Ordem vale para todo comércio informal que ocupe os espaços públicos, inclusive lanches. Foto: Jânio Duarte

O espetinho perto do supermercado, o 'pastelzinho quentinho' do amigo Raposo, o cachorro quente do carrinho, a Kombi que vende água de coco, as fruteiras nas ruas, os vendedores de lojas que colocam sofás, mesas, cadeiras e outros, serão atingidos por uma determinação expressa do Ministério Público.

Os comerciantes do setor informal foram pegos de surpresa, não é pra menos estarem descontente com essa situação.

“Temos que encontrar uma solução, que não sejamos prejudicados. Meu pai está aqui há 20 anos comercializando salgados e sucos na Margarida de Freitas”, questionou Noédson Freitas Alves – filho de Raposo.

A medida é em atendimento a uma ação que tramita desde o ano passado no Poder Judiciário. A determinação judicial pede o cumprimento de uma Lei Municipal nº 05, aprovada pela Câmara de Vereadores em 2011, onde diz que “nenhum proprietário de estabelecimento comercial poderá, sem autorização do município, utilizar ou interditar as vias públicas com cadeiras, mesas e/ou outros objetos”.

A ação foi movida pelo Ministério Público Estadual da Comarca de Apodi no ano passado. A decisão definitiva da Justiça obriga o Município a cumprir a determinação no prazo de 60 dias, caso contrário será aplicado multa diária de R$ 1 mil à Prefeitura.

É dever do poder público organizar estes espaços públicos e as atividades permitidas, inclusive incentivando estas pessoas a regularizarem suas atividades e conceder locais seguros e dignos a toda a população.

As referidas atividades contrariam as normas e causam transtorno à mobilidade e à paisagem urbana, porque geram a concentração de pessoas nos espaços públicos, mesas sobre as calçadas, muitas delas ocupando a totalidade desses espaços.

O próprio Blog (clique AQUI e reveja) já havia alertado o problema.


Tá no DNA dessa gente escrota

No Rio Grande do Norte a desonestidade vem de pai para filho para neto.

Tá no DNA dessa gente escrota.

Não é à toa que estamos nessa situação caótica.

Pobre Elefantinho Sem Sorte.

Acompanhe o Blog ApoDiário pelo Twitter clicando AQUI.

[informe publicitário] San Lorenzo Apodi: polo básica com elastano e tenha certeza de estar bem vestido!

Aluga-se apartamento bem no centro comercial de Apodi



Atenção!

Você que quer morar no centro da cidade.

Aluga-se apartamento localizado à Rua Padre João da Cunha com a Rua Manoel Coriolano, próximo ao Supermercado Queiroz!

Interessados ligar para (84) 9.9679-0151

segunda-feira, 24 de julho de 2017

Gilvan Alves participa da reunião da Associação do Sítio Rio Novo

O Vereador Gilvan Alves esteve neste domingo (23), na reunião da Associação do Sítio Rio Novo e comunidades reunidas de Vertente, Garrafa, Canaã, Pé de Serra, São Lourencinho.

“Nós pudemos sentar e ter uma bate-papo aberto, coeso, cheio de ideias e, primordialmente, focado na melhoria do bem coletivo da sociedade”, relata. 

“Pudemos expor nosso projetos, e também pudemos ouvir. E a partir da demanda coletada ontem, hoje, já pudemos encaminhar ofícios e discutir soluções dentro do nosso Gabinete, afim de resolver o mais rápido possível as problemáticas apresentadas pela comunidade”, destacou Gilvan.

Deputada Márcia Maia defende investimentos em Apodi durante reunião na Câmara Municipal

A deputada estadual Márcia Maia participou neste fim de semana de uma reunião na Câmara Municipal de Apodi para discutir os problemas que a população têm enfrentado e com quais iniciativas a parlamentar estadual pode colaborar para melhoria das condições de vida do município da região Oeste potiguar.

Acompanhada dos vereadores Gilvan Alves, Charton Rêgo e Bebé Gama e demais legisladores da cidade, a deputada discutiu os principais problemas do município, Márcia se comprometeu em defender a manutenção do hospital regional, além de investimentos na recuperação de estradas, segurança pública e o impulso à fruticultura irrigada na região.

"É sempre um debate fundamental. Por isso, me coloquei à disposição para buscar o diálogo sobre esses problemas junto ao governo, inclusive, de acompanhar uma comissão de vereadores da cidade para ir ao secretário responsável pela gestão do RN Sustentável, agora Governo Cidadão, para fazer a reivindicação quanto às estradas e a fruticultura", destacou Márcia.

A deputada já havia feito, em outras oportunidades, a defesa pela manutenção dos hospitais regionais. Para ela, não é compreensível fechar hospitais ou reduzir a capacidade de atendimento em qualquer circunstância.

"O Governo deveria estar lutando para melhorar a condição de funcionamento e não fechá-los. Apodi e outras seis cidades seriam prejudicadas diretamente, sem contar com os municípios das regiões em que esses hospitais estão instalados. É uma situação que pode colocar vidas em risco e não vamos admitir", defendeu Márcia.

Ainda na agenda de Márcia na cidade da região Oeste, ela apresentou o programa Frente Nas Cidades aos vereadores, concedeu entrevista na rádio Vale do Apodi AM e visitou o Conselho Tutelar da cidade.

Acompanhe o Blog ApoDiário pelo Twitter clicando AQUI.

Um Brasil contrastante. Ainda bem

Por Marcelo Alcoforado

Ainda bem que existe um Brasil sem esses saqueadores empanturrados de dinheiro, essa chaga a cada dia mais purulenta.

Pena ser somente nas camadas dos menos favorecidos, dos joões-ninguém, dos sem eira nem beira, dos sem representatividade, que se encontram os melhores exemplos. Mesmo diante de tantas dificuldades cotidianas, frequentemente se verificam atitudes que dignificam o ser humano. Um modesto mecânico cearense, por exemplo, nos dá uma importante lição. Seu nome, José Ewerton Ribeiro, um anônimo, não corresse em suas veias um raro tipo de sangue, denominado Bombaim ou Falso O.

Há alguns dias, ele, lutador de jiu-jitsu, quase fazia uma tatuagem, mas pouco antes de fazê-la lembrou-se de que, como doador, especialmente de um sangue tão raro, estaria impedido durante um ano de fazer nova doação. E se alguém precisasse dele? – pensou. Parecia estar pressentindo algo.

Semana passada, alguém precisou. Alguém cuja vida, ainda no início, estava prestes a ser ceifada pela necessidade urgente do sangue Falso O, sim, o mesmo raro tipo de sangue do cearense José Ewerton Ribeiro, aquele que abrira mão do seu desejo de ser tatuado.

José Ewerton foi localizado pela Opas – Organização Pan-Americana de Saúde, a colombiana Ana Sofia, de apenas quinze meses de vida, recebeu a transfusão e, em um final feliz, foi salva. Um brasileiro pôde retribuir, enfim, a solidariedade de um povo que muito fez por nós quando do desastre da Chapecoense e que nos dá ainda mais, transmitindo uma valiosa lição: Medellín, cidade onde vive Ana Sofia, outrora tão marcada pela violência, hoje é dedicada a festejar a vida. Enquanto isso, no Brasil, a sede continua. Não a do benfazejo Falso O, mas a do fim dos falsos salvadores da pátria, dos falsos honestos, dos falsos heróis, enfim, que com sua impostura têm sugado o sangue dos brasileiros que trabalham honestamente e fazem o bem.

Como José Ewerton Ribeiro, o modesto mecânico do Ceará.

Acompanhe o Blog ApoDiário pelo Twitter clicando AQUI.


O que o cidadão comum pode fazer pela segurança pública?

A Constituição Federal do Brasil retrata a Segurança Pública como DEVER do Estado e RESPONSABILIDADE de TODOS. Atualmente a Insegurança Pública é, sem dúvida, a maior causa social da atualidade. Não podemos simplesmente cruzar os braços e esperar uma solução que “venha de cima”, pois a situação tem piorando com a passividade da população e a corrupção/inépcia da classe política.

Nesse espírito, vamos elencar algumas atitudes de cidadania em prol da Segurança que qualquer pessoa pode ter:

1- Tome ciência dos cuidados de Segurança necessários para dificultar a ação de meliantes. pratique esses cuidados e estenda a prática a seus familiares;

2- Colabore com as Forças Policiais no local onde vive. A Lei do Silêncio ou a passividade do cidadão de bem só beneficia o criminoso;

3- Denuncie qualquer ilícito de que tenha conhecimento, pelos telefones 190 (disk emergência policial), 181(disk denúncia) ou procurando presencialmente a Delegacia mais próxima;

4- Repudie a cultura do marginal expressa em filmes, novelas, livros ou em qualquer espaço educacional. Não há ligação entre a pobreza e o crime (a maioria dos pobres é honesta e há ricos bandidos), ser marginal não é futuro para ninguém, as drogas só trazem atraso e morte, bem como o “bom bandido” é a ficção mais danosa já criada. Saia do raio de ação desse tipo de idéias influenciadoras para o mal e tire sua família dessa. A raiz de tudo está na educação e cultura: professores, artistas e pensadores que denigrem a polícia e exaltam o marginal estão na raiz da sua Insegurança Pública, são a rede de apoio que legitima corruptos, traficantes e estupradores;

5- Repudie o discurso de Direitos Humanos, quando se refere aos “Direitos dos Manos”. Não dê asas a defensores de assassinos, traficantes e estupradores, que gritam, denunciam e choram por um criminoso preso, mas viram as costas para as vítimas do mesmo vagabundo. Muitas dessas entidades e políticos dos Direitos dos Manos são mantidos por Facções Criminosas;

6- Atente para o fato de que a solução para os problemas de Segurança Pública estão ligados a uma gestão política que combata o crime e invista nas polícias. Isso merece atenta reflexão e exame: a Insegurança na sua vizinhança também é fruto do descaso nas políticas públicas, junto com a opção dos vagabundos pelo crime;

7- Não vote em políticos envolvidos com crimes e corrupção, pois são esses bandidos políticos que sucateiam a Segurança Pública, fazem leis que protegem os marginais e que não resolvem o problema da punição dos maus por uma questão de autodefesa;

8- Partidos políticos ligados a corrupção e/ou que promovem políticas de “Direitos dos Manos” devem ser banidos da política nacional, pois são Organizações Criminosas de colarinho branco que lutam CONTRA o cidadão de bem e a justiça social – mesmo que mintam afirmando o contrário. Faça campanha contra tais Partidos Políticos pró-bandidos, não vote neles e apoie seus adversários;

9- Milite em movimentos sociais de apoio a polícia (nas redes sociais, reuniões ou carretas) e ao trabalho anticorrupção promovido pelo Judiciário ( como a Operação Lava-jato). Lembre que a Segurança Pública inclui os profissionais do Sistema Penitenciário, das Polícias Científicas (ITEPS), Agentes de Trânsito e Guardas Municipais. Sua valorização profissional e condições de trabalho são determinantes para a Ordem que o cidadão quer ver imperar na Sociedade;

10- Se conscientize que o momento atual é de verdadeira catástrofe na Segurança Pública: há uma verdadeira guerra civil em andamento! Procure conhecer o problema a fundo e discutir as possíveis soluções. É necessário romper de vez com toda a política decadente das últimas décadas nesse Brasil onde o crime compensa, os maus são poupados e os bons são sacrificados;

11- Lembre-se que sua cidadania é sua arma: em 2018 é o eleitorado que dirá quem será o Presidente da República, os novos legisladores federais (Senadores e Deputado Federais), os Governadores dos Estados Federativos e os Legisladores Estaduais (Deputados Estaduais). É a hora de varrer ineptos e corruptos, defensores de bandidos e gente sem espírito público. Uma boa faxina trará bom futuro! Dê chance a novas pessoas com propostas para a Segurança e invista nos Políticos que estão fora do Crime e com vontade de trabalhar – cobrando os resultados, daí para frente;

12- Lute pela revisão ou revogação das Leis e dispositivos legais que estão trazendo o prejuízo na segurança da sua família, para benefício dos bandidos, como são exemplos: o Estatuto da Criança e do Adolescente, o Estatuto do Desarmamento, as Audiências de Custódia, e outros. Conheça essas leis e entenda como elas geram impunidade e algemam a polícia, deixando a Sociedade a mercê dos marginais;

13- Atitude é tudo: só vamos ter vitória no Brasil se a população lutar essa Guerra como Guerra. Você e sua família são população, a polícia é população, familiares de policiais são população, políticos que apoiam a polícia são população – e somente com a união de TODOS destruiremos o mal!

Por Érick Guerra, O Caçador.

Festa dos Pais é na Loja Maçônica Vale do Apodi com as Bandas Pé de Ferro e C3

Clique no cartaz para ampliar!

Vem aí mais uma super festa em comemoração ao Dia dos Pais na Loja Maçônica Vale do Apodi, promete muita música e diversão para toda a família.

A festa acontecerá no sábado, dia 12, a partir das 21h com animação das bandas C3 e Pé de Ferro.

Mesas já a vendas com os maçons de Apodi.

Uma noite muito especial pra você!

Apodi registra a 15ª morte por assassinato em 2017

Violência avança para o interior do país e cresce em cidades menores.

Os seis primeiros meses de 2017 são os mais violentos de todo o Pacto pela Vida, com o registro de 15 assassinatos somente em Apodi, cidade do interior do Rio Grande do Norte. Já são mais de 1.300 assassinatos em todo o Estado somente este ano.

A 15ª morte violenta aconteceu no bairro Bico Torto, nas primeiras horas desta manhã de segunda feira, 24.

A vítima foi identificada como Francisco da Chagas Filho, mas conhecido por "Chico da Confeiteira", de 61 anos de idade.

A polícia acredita se tratar de um latrocínio, pois a vítima trabalhava vendendo com sua confeiteira em locais públicos onde acontecia eventos, e costumava após o fim das festas, dormir no local esperando amanhecer o dia para poder voltar pra casa.

A polícia já dispõe do nome dos suspeitos, os quais não serão divulgados para não atrapalhar as investigações 

A violência ultrapassou os limites das metrópoles. E já faz quase o mesmo número de vítimas nas cidades pequenas assim como nas grandes.

Acompanhe o Blog ApoDiário pelo Twitter clicando AQUI.