sexta-feira, 22 de setembro de 2017

Deputada Zenaide Maia esteve em Apodi

Tibúrcio Marinho, Gilvan Alves, Zenaide Maia e Ubiracy Pascoal

A deputada federal Zenaide Maia (PR) esteve na manhã desta sexta feira, 22, em Apodi, na agenda da deputada muita política, logo em seguida concedeu entrevista a Rádio Vale do Apodi.

Zenaide poderá disputar uma vaga no senado nas próximas eleições.

Na imagem o radialista Tibúrcio Marinho, o vereador Gilvan Alves, a deputada Zenaide Maia e o vereador Ubiracy Pascoal da cidade de Felipe Guerra.

Acompanhe o Blog ApoDiário pelo Twitter clicando AQUI.

Gilvan Alves destaca importância da fiscalização nas obras do Município

No uso da tribuna na sessão ordinária desta quinta-feira, 21, o vereador Gilvan Alves (Avante), iniciou sua fala comentando sobre a visita à Escola Municipal que está sendo construída no Distrito de Melancias, ao lado de outros colegas vereadores, frisando que visitas de rotina como estas estão sendo realizadas em obras do município.

Gilvan frisou que algumas recomendações foram feitas na visita passada, no tocante a obra e a empresa construtora, afirmando que algumas mudanças já foram feitas, mas outras continuam do mesmo modo e são necessárias seu reordenamento.

"Vamos observar item a item, pois é dinheiro público que está sendo investido, e essa é nossa responsabilidade", disse o vereador.

O parlamentar disse ainda que algumas comunidades necessitam de melhorias em suas estradas vicinais, já outras de reposição de luminárias, enumerando as referidas localidades.

Acompanhe o Blog ApoDiário pelo Twitter clicando AQUI.

Moradores vive aflição por falta de drenagem em rua de Apodi

Moradora da Rua Senador Severo Gomes
pede encarecidamente para que as autoridades
solucionem o problema da Baixa do CAIC
Os moradores que vivem na periferia de Apodi, sofrem com a falta de saneamento básico. Com esgoto a céu aberto e falta de drenagem em várias ruas, e olhe que não estamos no período chuvoso.

O escoamento da água é um problema de muitas ruas e avenidas de Apodi, o bairro da Baixa do Caic convive com esta realidade diariamente. O período chuvoso só aumenta esses problemas e complicam muito a vida dos moradores daquele bairro que têm dificuldade até para sair de casa.

Quando chove, a rua Senador Severo Gomes vira um verdadeiro rio. Na imagem podemos perceber um bom volume de água. "Pedimos encarecidamente que as autoridades competentes busquem uma solução para o problema", relata uma moradora.

Além do incomodo, o risco de doenças também é eminente, essa realidade facilita ainda a proliferação de vetores transmissores de doenças, como as transmitidas pelo mosquito Aedes Aegypti.

Quando começa a chover o problema fica ainda maior os alagamentos por conta da falta de drenagem, os moradores ainda correm riscos de se contaminarem com outras doenças, como a leptospirose, sendo a maioria da transmissão dessa doença através do contato com águas de chuvas e enchentes contaminadas por urina de ratos. 

"Acredito que o primeiro passo é o Poder Público Municipal elaborar um projeto para a drenagem de todas as ruas do bairro Baixa do Caic e começar a solucionar com um plano de ação de curto, médio e longo prazo, com cronograma de execução ano a ano. Tem que dá o pontapé inicial, pois se pensarmos somente na execução de uma só vez, de um mega projeto, vai demorar", destaca o vereador Gilvan Alves.

Acompanhe o Blog ApoDiário pelo Twitter clicando AQUI.

A gata da sexta só observando. Olha só 'marmanjos'!!!

Ministério Público poderá pedir o afastamento do governador Robinson Faria

Governador Robinson Faria poderá enfrentar
mais uma grave turbulência
Uma discussão está sendo gerada entre juristas potiguares.

A questão é com relação ao recebimento da denúncia da Procuradoria Geral da República  pelo Superior Tribunal de Justiça contra o governador Robinson Faria.

Um grupo de advogados e operadores do direito, defendem que ao ser transformado em réu pelo STJ, o governador deverá ser imediatamente afastado do cargo por 180 dias.

É o que diz o Artigo 65 no seu parágrafo 3º, inciso 1 da  constituição estadual, garantem alguns advogados.

O Ministério Público Federal poderá pedir o afastamento do governador ao STJ e o Ministério Público do RN poderá provocar o presidente da Assembleia Legislativa.

Confira texto abaixo da Constituição do Estado do RN:


Alega-se que antes havia necessidade da autorização da Assembleia Legislativa, mas agora o Supremo Tribunal Federal entendeu e decidiu que não é preciso, o Superior Tribunal de Justiça pode processar um governador de estado apenas acatando denúncia da Procuradoria Geral da República.

Fonte: Blog do Primo

Acompanhe o Blog ApoDiário pelo Twitter clicando AQUI.

quinta-feira, 21 de setembro de 2017

O desinteresse pela política

A última pesquisa que analisou o comportamento dos brasileiros nas últimas eleições aponta para uma triste realidade: cerca de 70% dos eleitores não lembram em quem votou um ano depois de cada eleição. Além disso, muitos não sabem o que realmente faz um vereador ou um deputado, e também não lembram ou fiscalizam o cumprimento de suas promessas. Outro problema é a abstenção do voto eleitoral. Segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), nas últimas eleições (2016), votos nulos e brancos e pessoas que não compareceram as urnas somam cerca de 10,7 milhões, e essa rejeição caracteriza claramente o descontentamento dos eleitores.

Uma realidade que nos preocupa, pois como reivindicar aquilo que não temos conhecimento? Como podemos cobrar daqueles que elegemos se não lembramos em quem votamos? Como podemos participar do desenvolvimento do nosso estado ou cidade se não há interesse em saber as atividades do Poder Legislativo ou Executivo? Será que deixar de votar vai resolver o problema? Pelo contrário! O desinteresse gera graves consequências para a sociedade.

A falta de consciência política, por parte da maioria dos eleitores brasileiros, colabora para que os maus políticos continuem se perpetuando no poder. E o resultado disso é a falta de compromisso com a necessidade do povo, que são refletidos principalmente, na péssima qualidade do sistema público de saúde, educação e segurança pública, pois as medidas tomadas pelos parlamentares interferem diretamente em nossa qualidade vida.

No atual momento que passa o cenário político do país, é compreensível que muitos estejam desmotivados e desacreditados, depois dos vários escândalos de corrupção. No entanto, esse comportamento fragiliza a nossa democracia, pois os políticos são os representantes do povo e por meio deles é que podemos reivindicar os nossos direitos, pois como dizia Ruy Barbosa: “Quem não luta pelos seus direitos não é digno deles”.

De nada vai adiantar ser omisso, pelo contrário, irá apenas agravar ainda mais a situação. Platão, um filósofo grego, uma vez afirmou que: “Não há nada de errado com aqueles que não gostam de política, simplesmente serão governados por aqueles que gostam”. Por isso, se queremos bons políticos devemos está atentos para que os “maus” não usem a política para benefício próprio, o momento agora é de reagir!

Acompanhe o Blog ApoDiário pelo Twitter clicando AQUI.

Mais ação e menos falação!

Diariamente, observamos os gestores de vários municípios, estados, Distrito Federal e do nosso País, apresentando suas reuniões, seus feitos, suas justificativas, diante da inação e omissão em várias áreas, nas redes sociais, como se tais explicações servissem para explicar a pouca ação e o não cumprimento de promessas eleitorais.

É preciso mais ação e menos falação, mais ação e menos reunião, mais ação e menos aparição nas redes sociais, mais ação e menos enrolação.

Ou seja, fica a reflexão.

Acompanhe o Blog ApoDiário pelo Twitter clicando AQUI.

São Gonçalo do Amarante tem melhor gestão fiscal do RN

São Gonçalo do Amarante se destaca como a melhor gestão fiscal do Rio Grande do Norte, segundo pesquisa realizada pela Federação da Indústria do Rio de Janeiro (FIRJAN), que avalia os valores de arrecadação e investimentos dos impostos pagos durante o ano em todo o país.

Além de São Gonçalo, apenas três municípios do Estado registram uma boa gestão fiscal, são eles: Portalegre, São João do Sabugi e São José do Seridó.

Acompanhe o Blog ApoDiário pelo Twitter clicando AQUI.


Jaufran fará palestra em Apodi com o tema: “Bolsonaro e o futuro do RN”


No próximo dia, 23 de setembro a câmara municipal de Apodi recebe o palestrante Jaufran que abordará o tema: “Bolsonaro e o futuro do RN”.

Jaufran é empresário, palestrante e presidente do Instituto Felipe Camarão, foi membro do comitê organizacional da palestra do deputado Jair Bolsonaro em Natal, assessora parlamentares e realiza eventos de cunho sociocultural no Rio Grande  do Norte. Católico, articulador político, graduado em marketing e se graduando em Direito.

Acompanhe o Blog ApoDiário pelo Twitter clicando AQUI.

Tem muita gente com uma enorme dificuldade de entender

Ê Apodi!

Estamos caminhando a passos largos para trás.

É o que dá uma cidade sem rumo nem prumo.

Os mais conservadores fazem a festa.

Acompanhe o Blog ApoDiário pelo Twitter clicando AQUI.



Suspeito de mandar matar vigilante do IFRN em Apodi é preso; 'Foi pra ficar com a vaga dele', diz delegado

Edilson Pereira da Silva foi preso em casa, em Apodi (Foto: Divulgação/Polícia Civil)
Vigilante foi preso na manhã desta quinta (21) e confessou que pagaria R$ 1.500 pela morte do colega. Intermediário do crime também está na cadeia.

Policiais civis e militares prenderam na manhã desta quinta-feira (21), em cumprimento a uma ordem judicial, um homem suspeito de ser o mandante do assassinato do vigilante do IFRN da cidade de Apodi, Francisco Cabral Neto, de 52 anos. O crime aconteceu no dia 11 de abril deste ano.

Segundo o delegado Renato Oliveira, "o suspeito chama-se José Edilson Pereira da Silva, 32 anos, que também é vigilante. Ele confessou o crime. Disse que mandou matar para se vingar de uma humilhação que teria sofrido após uma briga. Porém, eu acredito que o motivo foi outro. Ele fez isso para ficar com a vaga do colega. E acabou ficando", afirmou o delegado.

O executor foi um adolescente de 17 anos, que também confessou o crime. O rapaz foi apreendido no dia seguinte ao assassinato. “Inclusive, ele recebeu adiantado R$ 300 para fazer o serviço, e ainda deveria receber mais R$ 1.200”, revelou Renato Oliveira.

Filhos de PMs

Ainda de acordo com Renato Oliveira, tanto o executor quanto o mandante são filhos de policiais militares. "O adolescente é filho de um cabo da PM. Já o vigilante, filho de um cabo aposentado", destacou.

Outra pessoa que também está presa, ainda de acordo com o delegado, é um jovem de 18 anos que intermediou o homicídio. “Esse jovem foi preso na semana passada. Ele também recebeu R$ 300. Foi justamente para conseguir uma pessoa para executar o crime. No caso, foi ele quem fechou o negócio com o adolescente”, acrescentou o delegado.

Ainda de acordo com Renato Oliveira, José Edilson foi preso em casa. Além de admitir ter encomendado a morte do colega, também confessou que foi ele quem deu carona ao adolescente no momento do assassinato. “Foi ele quem pilotou a moto. E, depois do assassinato, deu fuga para o menor”, concluiu.

Cabral Neto trabalhava como vigilante do IFRN (Foto: Arquivo Pessoal)
O crime

Cabral Neto, como era mais conhecido, foi morto a tiros no início da manhã do dia 11 de abril. Ele havia saído do trabalho e estava chegando em casa quando foi baleado. O corpo ficou na calçada.

Fonte: G1 RN

Acompanhe o Blog ApoDiário pelo Twitter clicando AQUI.

[informe publicitário] Center Peças – a sua melhor loja de peças para motos



Center Peças - você encontra acessórios como pneus, capacetes, baterias, peças e serviços em geral com os melhores profissionais de Apodi. A Center Peças aceita todos os cartões de créditos e parcela em até 6x. Faça-nos uma visita e comprove o que estamos anunciando.

Organização: Francisco Pereira
Telefone: (84) 3333-2674 ou 9427-0363
Rua: Benjamin Constant, 516

quarta-feira, 20 de setembro de 2017

Cartório Eleitoral solicita ação voluntária para Revisão Biométrica do eleitorado de Apodi

O Cartório Eleitoral da 35ª Zona, por meio deste anúncio, solicita ao funcionalismo público do Município local uma ação voluntária para participação do trabalho de atendimento na Revisão Biométrica do eleitorado de Apodi.

Tal súplica vem em um momento de grave contenção de gastos, em virtude da entrada em vigor da Emenda Constitucional nº 95, que congela as despesas do Governo Federal por até vinte anos. Assim, há de se considerar que a Justiça Eleitoral dispõe de uma estrutura suficiente para o atendimento de rotina, entretanto, a Revisão Biométrica demanda um Recurso Humano diferenciado, na medida que se concentra um alto número de atendimentos em um curto espaço de tempo.

Atualmente, temos uma equipe de atendimento formada por apenas 13 servidores, dos quais 06 foram contratados provisoriamente pelo tribunal. Resta atendimento ainda de quase 24 mil eleitores. Para preenchermos as vagas que estão faltando, é preciso mais 07 servidores, pelo menos.

A Meta diária da Revisão Biométrica em Apodi é de cerca de 700 pessoas/dia e, infelizmente, tem sido realizada uma média de 350 atendimentos. Tal situação decorre da carência de pessoal adequado para operar os computadores disponíveis.

Este apelo se mostra necessário, na medida que temos lidado com grandes filas, com pessoas que chegam a permanecer por horas aguardando atendimento. Tal situação desestimula os eleitores e poderá acarretar o cancelamento de uma quantidade enorme de cadastros eleitorais. As consequências não são boas, considerando a quantidade de serviços e políticas públicas que exigem a regularidade perante a Justiça Eleitoral. E, nessa situação, o cidadão mais carente é sempre o mais prejudicado. Ressalto ainda que grande parte dos eleitores de Apodi residem na área rural, muitas vezes com dificuldade de acesso a transporte.

Portanto, é nessa hora que CONCLAMAMOS os gerentes, diretores e chefes de repartições públicas locais para, na medida do possível, disporem de pessoal para realizarmos um atendimento adequado à população de Apodi, com a dignidade que merece. Ainda que o órgão público não possa ceder formalmente os servidores para esse mutirão solidário, pode ainda o próprio servidor, espontaneamente, dentro de seu valioso período de repouso, realizar esse gesto de cidadania e colaborar com os trabalhos.

A revisão ocorrerá até dia 26/10/2017 e nosso horário de atendimento é:

I – Segunda-feira – das 09:00 às 16:00 horas;
II – Terça a Sexta-feira – das 08:00 às 16:00 horas;
III – Sábado – das 08:00 às 14:00 horas.

Dentro desse horário, aceitamos a colaboração que for possível e dentro do limite acima informado. Desde já, entendemos que nem todas as repartições terão permissão ou disponibilidade de pessoal para assumir tal compromisso, inclusive por questões normativas. Entretanto, ressalto que toda colaboração, principalmente de iniciativa pessoal do próprio servidor, será bem-vinda!

Acompanhe o Blog ApoDiário pelo Twitter clicando AQUI.

Gilvan Alves – uma nova forma de fazer política em Apodi

Gilvan Alves poderá disputar mandato de deputado federal
O Brasil inteiro assistiu que, após um longo período de dormência social, o cidadão brasileiro, embora descontente com o cenário político existente, com a corrupção dos partidos e de outras instituições da sociedade, parece que acordou.

As manifestações de rua têm mostrado que os jovens, principalmente, já não concordam em permanecerem “deitados em berço esplêndido”, mas sim, demonstrar que os “filhos do Brasil não fogem a luta”, principalmente quando se fala em ética política.

Essa nova realidade tem nos levados a pensar, refletir sobre pontos que são fundamentais no atual contexto da nossa vida social.

Embora a tecnicidade venha exercendo um grande fascínio entre os jovens, tendo em vista a importância da web na convocação das pessoas para irem às ruas, podemos observar que os aspectos reivindicatórios presentes no coração e na mente das pessoas jovens, adultos e idosos, estão, bem mais, relacionadas aos valores, principalmente a ética e a lisura com o trato do bem público.

E, em Apodi, não é diferente, as pessoas estão observando a maneira como Gilvan Alves vem trabalhando em pró ao desenvolvimento da cidade e como trata o bem público, na sua função de vereador.

Essa nova maneira de fazer política tem levado o pré-candidato a deputado federal de Apodi, pelo Avante, Gilvan Alves a atender ao clamor dos munícipes apodienses, participando, ouvindo e atendendo as reivindicações do seu povo.

Os valores éticos como a dignidade humana, solidariedade, justiça, paz, entre outros, aparecem explicitamente no caminhar político e pessoal do pré-candidato a deputado federal pelo Avante de Apodi, Gilvan Alves.

E o povo tem visto, acompanhado e é solidário com ele. Como vereador de Apodi, ele tem visitado o povo, ouvido as queixas e reivindicações e tem participado ativamente das reuniões mensais das associações na zona rural de Apodi.

Sabemos que a cultura da corrupção se enraizou na política brasileira, e que já chegou a um limite intolerável pela nossa sociedade.  O clamor contra a corrupção é sentido pelo pré-candidato a deputado federal pelo Avante de Apodi, Gilvan Alves, que tem garantido lisura, transparência, seriedade, honestidade e ética no trato com o erário municipal.

E por conhecer, muito bem, o atuante vereador Gilvan Alves, a população tem acolhido o seu nome e que vem crescendo a cada dia. Por ficar, sempre, ao lado do povo, ajudando a resolver seus problemas, atendendo as suas reivindicações, dentro do possível, fez com que a população de Apodi, percebesse que Gilvan Alves, aparece com uma nova proposta de fazer política.

Uma nova maneira, que elimina todo o ranço das políticas viciosas que por Apodi passaram e, permanece atualmente. Alves traz uma política alicerçada no contato com o povo, na ética com o bem público, na seriedade e na capacidade administrativa.

É o que o povo de Apodi comenta, é o que eu ouço dos amigos com quem tenho uma ligeira prosa.

Seriedade, compromisso com a causa popular, firmeza, capacidade de diálogo, humildade, respeito aos colegas, aos poderes constituídos; respeito à nossa história de lutas libertárias, de resistência, exemplo para o restante da federação, e ainda espírito público e respeito à Constituição.

É hora de encarnar esse espírito, renovar a alma e desenhar um novo momento político em Apodi e região, sintonizado com o desejo da população que elegeu Gilvan Alves vereador, jovem com novas ideias, preparado, moderno, dinâmico e humilde.

Avante, Apodi!

Acompanhe o Blog ApoDiário pelo Twitter clicando AQUI.

Indigno e indecente

Recordista de desaprovação popular, o presidente Michel Temer segue se dando ao luxo de ignorar fatos e de inventar sua própria verdade.

O discurso dele na ONU contém pelo menos duas pérolas que, pra dizer o mínimo, desafiam a lei 1079, http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/L1079.htm, sobre os crimes de responsabilidade que um presidente da República não pode cometer.

O inciso 7 do artigo 9 diz que é crime “proceder de modo incompatível com a dignidade, a honra e o decoro do cargo”.

Primeira pérola: o Brasil está resgatando o equilíbrio fiscal.

É de conhecimento público que o déficit das contas da União subiu de R$ 111,2 bilhões em 2015 para R$ 155,79 bilhões em 2016, devendo fechar este ano em algo em torno de R$ 159 bilhões.

Segunda pérola: o País recobrou a capacidade do Estado de levar adiante políticas sociais indispensáveis.

A menos que Temer não inclua a segurança pública entre as políticas sociais indispensáveis – e para ficar só nesse exemplo – eu, definitivamente, não sei do que ele está falando.

Denúncias de Janot à parte, o eleitor se pergunta: estamos diante de um presidente digno, honrado, decoroso e decente?

Acompanhe o Blog ApoDiário pelo Twitter clicando AQUI.



Políticos do RN querem recursos para obras emergenciais contra a seca


A classe política do Rio Grande do Norte está unida hoje em Brasília, para pleitear ao ministro Helder Barbalho, recursos para obras emergenciais contra a seca.

O enfrentamento à seca tem sido uma luta permanente. O Rio Grande do Norte precisa da solidariedade do Governo Federal nesse momento.

Nota do blog: Recursos para o enfrentamento da seca por aqui faz tempo, o problema é que não temos ação nenhuma.

Acompanhe o Blog ApoDiário pelo Twitter clicando AQUI.

Caravana Ecológica em Apodi

Caravana Ecológica em Apodi - RN. Foto Jânio Duarte
Os alunos do Centro Escolar Fonte do Saber prestigiaram hoje, 20, a Caravana Ecológica, na oportunidade a equipe de educadores ambientais do Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente – Idema, realizou atividades no município de Apodi, criando condições para que a população conheça e discuta os problemas ambientais globais e de nossa região, através da promoção de atividades educativas e recreativas.

É um trabalho itinerante, recreativo e educativo voltado para alunos, professores, e representantes dos diversos segmentos da sociedade civil. É também um trabalho de sensibilização sobre os riscos ecológicos dirigido às futuras gerações.

Alunos e a diretora Salete Morais do Fonte do Saber atentos as explicações das educadoras ambientais.
Fotos: Jânio Duarte 
A Caravana Ecológica tem por objetivo possibilitar à população dos municípios do Estado do Rio Grande do Norte o acesso às informações relacionadas ao meio ambiente, contribuindo assim para as mudanças de comportamentos, hábitos e atitudes quanto à proteção ambiental.

O projeto contempla as seguintes atividades:
  • Práticas de laboratório;
  • Teatro com temática ambiental;
  • Espaço da leitura e atividades lúdicas, gincanas, etc.;
  • Oficinas de reutilização e confecção de sabão ecológico;
  • Espaço para exposição de projetos;
  • Central de informações e atendimento;
  • Cursos de Capacitação;
  • Palestras com temática ambiental;
  • Cinema na praça.
A Caravana Ecológica percorre os municípios do Estado criando condições para que a população conheça e discuta os problemas ambientais globais e de sua região, através da promoção de atividades educativas e recreativas.

Acompanhe o Blog ApoDiário pelo Twitter clicando AQUI.


Do caos à vida, a nova realidade da Casa Cultura Popular de Apodi

O coordenador de cultura Luís Marinho está realizando melhorias na estrutura da Casa de Cultura Palácio Soledade em Apodi – RN. As ações incluem adequações nas salas, pinturas e consertos de aparelhos de ar-condicionado, entre outras ações. Também estão sendo realizadas melhorias no atendimento ao público.

Através de parceria, Luís Marinho conseguiu apoio com jovens artistas da cidade, os mesmos trabalharam na pintura de salas, no auditório e na limpeza da área interna e externa.

“Essa medidas visam melhores condições tanto para quem trabalha no espaço quanto ao público que o frequenta. Aos poucos vamos melhorando a estrutura física, assim como também aumentar os eventos para que a população possa visitar mais vezes”, comentou o coordenador de cultura, Luís Marinho.

A Casa de Cultura Popular de Apodi está localizada na Rua João Pessoa. Além de eventos culturais e shows, oferece diversas oficinas, dança, teatro e música, entre outros.

Acompanhe o Blog ApoDiário pelo Twitter clicando AQUI.

[informe publicitário] San Lorenzo. Venha conferir nossas novidades!


A loja San Lorenzo está cheia de novidades, e convida você para conferir a nova coleção, lindas camisas pólos, t-shirts, bermudas, e muito mais...

Além de ótimo preço e do super conforto.

Venha conferir aqui na San Lorenzo Apodi!

terça-feira, 19 de setembro de 2017

Políticos sérios estão deixando o PMDB do RN para não serem chamado de “quadrilheiros”

Depurado Walter Alves, senador Garibaldi Alves investigados
e citados em delação da Lava Jato e Henrique Alves preso
Bacurau está virando sinônimo de corrupto.

A debandada do PMDB do RN é muito grande. Prováveis candidatos na próxima eleição sabem que o PMDB está completamente malhado perante o eleitorado em razão dos escândalos que seus caciques estão envolvidos.

Muitos filiados estão esperando a abertura da janela de fidelidade pela Justiça Eleitoral para saírem do PMDB que está sendo chamado pela imprensa nacional e Ministério Público de “quadrilhão”.

Quem for candidato pelo PMDB na eleição do ano que vem será chamado de quadrilheiro..

A ex-prefeita de Mossoró Fafá Rosado pensa em ser candidata a deputada estadual, e comenta-se que ela deixará o PMDB para não ser chamada de quadrilheira.

Deu no Blog do Primo

Acompanhe o Blog ApoDiário pelo Twitter clicando AQUI.

Mais de 95% do melão exportado pelo Brasil é produzido no RN

Exportações do estado cresceram 200% entre janeiro e agosto, na comparação com o mesmo período de 2016. Ao mesmo tempo, Ceará registrou queda de 95%.

O crescimento das exportações de melão ultrapassaram a barreira dos 200% no Rio Grande do Norte, entre janeiro e agosto, na comparação com o mesmo período de 2016. Com o resultado e a queda de produção dos concorrentes diretos, o estado também se tornou responsável por 95,9% de toda a venda da fruta para o mercado externo.

Fazendas no RN produzem 96% do melão exportado pelo Brasil
(Foto: Anderson Barbosa/G1)
Os dados são do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços. Ao longo do ano passado, o estado já liderava o setor, mas era responsável por cerca de 50% das exportações das frutas frescas para fora do país, com US$ 75,3 milhões comercializados. O vizinho Ceará contava com outros 47% do mercado, com vendas de US$ 70,8 milhões.

Entre janeiro e agosto o RN comercializou US$ 47 milhões. Parece pouco, diante dos US$ 100 milhões estimados para o ano, mas existe explicação. De acordo com o empresário Luiz Roberto Barcelos, maior produtor do país e presidente do Comitê Executivo de Fruticultura do RN, a produção se torna mais intensa a partir de setembro, até janeiro. "Neste período do ano, apenas o Brasil fornece as frutas para o mercado Europeu, que é o maior consumidor", revela.

Mercado externo representa cerca de 50% da produção nacional de melão
(Foto: Anderson Barbosa/G1)
O mercado externo, ainda de acordo com Luiz Roberto Barcelos, consome 50% da produção nacional do melão. Apesar de não ter grandes variações positivas, ele considera que essa fatia é mais estável, ao contrário do mercado interno.

Para o empresário, a explicação sobre o aumento da participação potiguar nesse setor é uma, principalmente: a oferta de água. Após seis anos de seca, o recurso é cada vez mais raro no Nordeste. O RN não é exceção. Dos 167 municípios, 153 estão em situação de emergência decretada. Mas o empresário afirma que o estado ainda tem água em abundância no sub-solo, no aquífero da Chapada do Apodi.

"Por causa da questão hídrica, as fazendas do Ceará vieram para o Rio Grande do Norte, que tem disponibilidade de água", explica. A produção cearense caiu 95% no mesmo entre janeiro e agosto.

Europa é principal destino do melão potiguar
(Foto: Anderson Barbosa/G1)
O empresário argumenta que a oferta do aquífero é suficiente e garante a exploração para muitos anos. "O estado é pobre. Um dos que tem maior desemprego no Brasil. É melhor estar produzindo do que ficar sentado sobre o aquífero sem fazer nada", comenta.

Com a ampliação do setor no RN, cerca de 25 mil potiguares estão empregados no setor. Outra vantagem para o estado é o recolhimento de impostos.

Destino Europa

Os principais destinos do melão brasileiro são os Países Baixos (Holanda), com 33%, Reino Unido (32%), Espanha (27%) e Itália (2,7%). O produto também chega aos Emirados Árabes, além de países da América do Norte e América Latina.

A produção frutífera é escoada principalmente pelos portos de Natal e do Ceará. Segundo Barcelos, a estrutura portuária ainda é um dos gargalos do setor. Ao deixaram o estado nos navios, as frutas levam cerca de 10 dias para chegarem aos destinos europeus.


Acompanhe o Blog ApoDiário pelo Twitter clicando AQUI.

Henrique pede que justiça libere um milhão para custear contas da família

Da Época Online:

Me dá um dinheiro aí.

Preso desde junho, Henrique Eduardo Alves pediu ao juiz Vallisney Oliveira, de Brasília, que libere R$ 1 milhão confiscado pela Justiça, relata a Época.

O dinheiro, argumenta a defesa de Alves – um dos acusados de integrar o “quadrilhão” do PMDB –, é para custear despesas básicas da família dele.

Acompanhe o Blog ApoDiário pelo Twitter clicando AQUI.


Governador do RN é denunciado

O governador do Rio Grande do Norte, Robinson Mesquita de Faria (PSD), foi denunciado pela Procuradoria-Geral da República (PGR) nesta segunda-feira (18). A denúncia é baseada em uma operação que apurou tentativa de obstrução das investigações sobre desvios de recursos na Assembleia Legislativa do estado. A denúncia está no gabinete do ministro Raul Araújo, do Superior Tribunal de Justiça, que é o relator do caso. A informação foi confirmada pelo STJ.

A denúncia ainda vai passar pela apreciação da Corte Especial do STJ, que vai definir se a recebe ou não. Ainda não há data prevista para isso. Se aceita, o governador se tornará réu. O colegiado é formada pelos 15 ministros mais antigos no tribunal e é responsável por julgar casos que envolvem governadores.

Junto com Robinson Faria, foram denunciados os servidores Magaly Cristina da Silva e Adelson Freitas dos Reis, assessores de confiança do governador e presos por uma operação da Polícia Federal no dia 15 de agosto. Na ocasião, o governador também foi alvo de mandados de busca e apreensão.

O advogado José Luis Oliveira Lima, que representa Robinson Faria, foi procurado pelo G1 e afirmou que só irá se manifestar após ter acesso à denúncia.

A operação Anteros apurou manobras ilegais por parte de Robinson Faria e de servidores do governo potiguar para impedir investigações sobre os desvios na Assembleia Legislativa.

Os dois são suspeitos de tentar comprar o silêncio da ex-procuradora da assembleia, Rita das Mercês, a mando do governador. O objetivo seria impedir que ela firmasse acordo de delação premiada com o Ministério Público para denunciar os desvios de recursos, mas a ex-procuradora não cedeu e firmou acordo de delação com o MPF.

Rita e seu filho, Gustavo Villarroel, são listados como testemunhas na denúncia oferecida.

Delação

Na delação, Rita das Mercês afirmou que o governador Robinson Faria (PSD) embolsou cerca de R$ 100 mil por mês, entre 2006 e 2010, através da contratação de servidores fantasmas na AL. Robinson começou a presidir a Assembleia em 2003. De acordo com a delatora, a partir de 2006 ele passou a determinar a inclusão, na folha de pagamento, de pessoas que “não exerciam quaisquer funções no órgão, com o único objetivo de desviar recursos públicos oriundos de suas remunerações em favor do presidente e de outras pessoas”.

G 1

Acompanhe o Blog ApoDiário pelo Twitter clicando AQUI.

“Por trás das grades” será lançado no início de outubro

“Por Trás das Grades” é o título do livro de estreia do agente penitenciário do Rio Grande do Norte, Márcio Morais, que será lançado no início de outubro na Casa de Cultura Popular de Apodi.

O livro que é o primeiro escrito por Márcio Morais, tem prefácio assinado pelo jornalista Thyago Macedo, com forte atuação na área policial, com passagens pelos principais jornais e portais de Natal, e atualmente editor do Portal BO. Capa e diagramação são de Augusto Paiva, revisão ficou com Benjamim Linhares.

A obra apresenta 58 capítulos e 215 paginas. O livro mostra uma realidade pouco conhecida pela maioria das pessoas sobre o Sistema Penitenciário, como o dia a dia do agente penitenciário, do preso e dos seus familiares, com varias historias que vão agradar ao leitor.

O autor

Marcio Morais é graduado em Pedagogia e acadêmico de Comunicação Social – Habilitação em Jornalismo, pela Universidade Estadual do Rio Grande do Norte (UERN).

Já passou pelas redações dos Jornais Gazeta do Oeste, O Mossoroense, De Fato, O Vale do Apodi, e atuou por muitos anos nas Assessorias de Comunicação da Câmara Municipal de Apodi e prefeituras do Apodi e Pau dos Ferros.

Também esteve em assessoria parlamentar do deputado Gustavo Carvalho (PSDB) e dos ex-deputados estaduais Gilvan Carlos e Elias Fernandes.

Acompanhe o Blog ApoDiário pelo Twitter clicando AQUI.

Prefeitura desmente superfaturamento e esclarece polêmica do "pão e pimentão", mas admite erro

Clique para ampliar!

A Prefeitura de Apodi, por meio do Setor de Compras, vem a público esclarecer as informações divulgadas pelo vereador Charton Rêgo durante a última sessão ordinária da Câmara, no dia 14 deste mês. Conforme o vereador, o município estaria comprando pimentão por R$ 1,99 a unidade, bem como o pão a R$ 3,50 a unidade.

“Houve um equívoco nos dados que foram publicados pelo setor, mas em nenhum momento a Prefeitura está comprando pimentão e pão com estes valores”, esclareceu o gerente do setor de compras Alcides Noronha.

“Reconhecemos que houve um erro na digitalização, um erro material de publicação. Temos documentos que podem provar o que estou afirmando. Mas, em nenhum momento, estamos comprando pão e pimentão com preço superfaturado. A documentação comprobatória do que estou apresentando aqui, está aberta à apreciação, tanto do vereador, como de qualquer cidadão que queira comprovar a veracidade dos fatos”, conclui Alcides Noronha.

Alcides explica que a proposta, o pregão e as notas fiscais de pagamentos constam a compra por quilo, e não por unidade, como foi exposto pelo edil. Neste caso, o valor de R$ 1,99 se refere ao quilo do pimentão e o de R$ 3,50, refere-se ao pacote de pão, com dez unidades.

Acompanhe o Blog ApoDiário pelo Twitter clicando AQUI.

[informe publicitário] Luciano Ótica: As melhores ofertas estão aqui!


E na compra do seu óculos de grau, a consulta totalmente grátis!

Atendimento Oftalmologista neste dia, 09 de setembro. Venha conferir!